170 ANOS FORMANDO MÚSICOS DE EXCELÊNCIA

Música do Brasil em vozes alemãs

0
0
0
s2sdefault
O programa Concertos UFRJ presenteou seus ouvintes com a divulgação de um CD dedicado à música coral brasileira, recentemente lançado pelo coro de câmara Apollini et Musis, formado por músicos alemães. A gravação recebeu o título de "Saudade", palavra que, com se costuma dizer, habita apenas os dicionários da língua portuguesa, e representa uma novidade, já que raramente cantores do Velho Continente se dedicam ao nosso repertório.

 

 

podcast

Ouça aqui o programa: 

Toda segunda-feira, às 22h, tem "Concertos UFRJ" na Roquette Pinto FM. Sintonize 94,1 ou acompanhe pela internet.

Programas anteriores podem ser encontrados na seção Concertos UFRJ.

“Apollini et Musis” é composto por membros do Coro da Berliner Staatsoper Unter den Linden, a famosa Ópera Estatal de Berlim, que na primavera de 2006 resolveram se juntar e formar um grupo dedicado à música coral de câmara. O nome remete a uma inscrição no pórtico daquela casa de espetáculos que retrata a cena mitológica em que Apolo, acompanhado das nove Musas, diverte com cantos e danças os demais deuses reunidos no monte Parnaso.

 

Desde que foi criado, os concertos do grupo passaram a compor a programação de música de câmara do teatro, sob a regência de renomados maestros como Dan Ettinger, Robert Heimann, Vinzenz Weissenburger, Michael Wendeberg und Eberhard Friedrich. Nesses cinco anos, atuaram ao lado, entre outros, de Anna Prohaska, Adriane Queiroz, Simone Schröder, Burkhard Fritz, Florian Hoffmann, Hanno Muller-Brachmann, do bandoneonista Lothar Hensel, e de membros da Staatskapelle Berlin.

 

“Saudade – Música Coral do Brasil” é o primeiro CD do coro e foi lançado em outubro, pelo selo Rondeau. O projeto, que nasceu da sugestão do embaixador do Brasil e contou com a colaboração da nossa representação em Berlim, reúne em 55 minutos obras corais que cobrem cerca de duzentos anos da música escrita no País. A regência é de Vincent Weissenburger e a gravação, que foi realizada na Berlin-Wilmersdorf Auenkirche e na Christ Church Berlin-Schöneweide, igrejas da capital alemã, conta com a participação de Jörg Strodthoff ao órgão.

 

O repertório do CD, pela ordem de apresentação das faixas, é o seguinte: de Camargo Garnieri (1907-1993), “Missa Diligite” (Kyrie, Gloria, Sanctus, Agnus Dei); de Heitor Villa-Lobos (1887-1959), “Duas lendas ameríndias Em Nheengatu” (O lupari e o Menino, O lupari e o Caçador); de Osvaldo Lacerda (1927-2011), “O fulú Lorêrê”; de Ronaldo Miranda, “Belo Belo” e a “Suíte Nordestina” (Morena Bonita, Dendê Trapiá, Bumba chora, Eu vou, eu vou); novamente de Villa-Lobos, a “Bendita Sabedoria” (Sapientia foris predicat, Vas pretiosum labia scientiae, Principium sapientiae, Vir sapiens fortis est, Beatus homo invenit sapientian e Dexteram tuam sic notam sac); Ernani Aguiar (*1950), Psaulmius CL (Salmo 150); e de José Maurício Nunes Garcia, “Gradual para Domingo de Ramos” (Cinco motetos para o tempo da paixão: Tenuisti manum Dexteram Meam, In Monte Oliveti, Domine e Tu Mihi Lavas Pedes, Judas Mercator Pessimus, Sepulto Domino). Mais detalhes no site do grupo.

 

Resultado de um convênio da UFRJ com a Roquette Pinto, Concertos UFRJ vão ao ar toda segunda-feira, às 22h, na sintonia 94.1 FM, sob o comando de André Cardoso, docente da Escola de Música (EM) e regente titular da Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ). As edições do programa podem ser acompanhadas on line ou por meio do podcast (áudio sob demanda) da Roquette Pinto (FM 94,1). Contatos através do endereço eletrônico: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Correspondência

Escola de Música da UFRJ
Edifício Ventura Corporate Towers
Av. República do Chile, 330
21o andar, Torre Leste
Centro - Rio de Janeiro, RJ
CEP: 20.031-170

+55 21 2532-4649
gabinete@musica.ufrj.br

Redes sociais