170 ANOS FORMANDO MÚSICOS DE EXCELÊNCIA

Ópera na UFRJ

0
0
0
s2sdefault
   Foto: Rafael Reigoto
  2018flautamagica.jpg
   Cena de A Flauta mágica, produção de 2018.

O projeto ÓPERA NA UFRJ foi criado em 1994 e produziu, em sua primeira fase, espetáculos como A flauta mágica, de Mozart (1994); Maroquinhas Fru-Fru, de Ernst Mahle, sobre texto consagrado de Maria Clara Machado (1995); O elixir do amor, de Donizetti (1996); O Chalaça, de Francisco Mignone (1997); O franco atirador, de Carl Maria von Weber (1998); A volta do estrangeiro, de Felix Mendelssohn (2001 ); Don Pasquale, de Donizetti (2002); e As bodas de Fígaro, de Mozart (2003).

Retomado em 2009, foram apresentados quatro diferentes títulos: O telefone, de Giancarlo Menotti; Rita, de Donizetti; La serva padrona, de Pergolesi; e Un mari à la porte, de Offenbach.

Em 2011, o projeto inaugurou, com a ópera Don Quixote nas bodas de Comacho, do compositor barroco alemão George Phillip Telemann, um novo formato com a realização de itinerância por teatros municipais do Estado do Rio de Janeiro. Ao todo o projeto, que envolve outras unidades da UFRJ, como as Escolas de Belas Artes (cenários e figurinos) e Comunicação, (direção teatral) montou mais de 20 produções.

A escolha dos títulos a serem encenados obedece a critérios didáticos e ao mesmo tempo funcionais. Didáticos porque procuramos proporcionar aos alunos a abordagem de diferentes estilos e linguagens. Funcionais porque são escolhidos títulos que sejam adequados às vozes dos alunos e ao tamanho e recursos técnicos do palco do Salão Leopoldo Miguez, ao mesmo tempo que sejam uma garantia de sucesso junto ao público.

O projeto ÓPERA NA UFRJ desde sua origem é uma iniciativa que se realiza em absoluta integração com disciplinas dos cursos de Graduação das Escolas de Música, Belas Artes, Direção Teatral e, eventualmente, o Curso de Dança. A produção complexa de uma ópera envolve etapas em que, sob a coordenação e orientação de docentes de canto, regência, cenografia, indumentária, direção teatral e dança, os discentes envolvidos aliam conhecimento e prática desenvolvendo suas habilidades artísticas com autonomia.

Dessa forma, o projeto cumpre sua função de formação artístico-cultural de seus estudantes em espetáculos líricos e a UFRJ, como instituição pública, cumpre seu compromisso de retornar à sociedade sua produção artística, proporcionando, não apenas ao público da capital mas também de diferentes municípios fluminenses, um evento operístico gratuito de alta qualidade, o que certamente contribui para formar novas plateias para o gênero operístico.

Com a produção de um espetáculo de ópera, uma das mais complexas manifestações artísticas da cultura ocidental, a UFRJ marca seu compromisso com a diversidade cultural, enriquecendo o cenário artístico do Rio de Janeiro e chamando a atenção para o importante papel da Universidade na qualificação profissional dos artistas brasileiros.

Correspondência

Escola de Música da UFRJ
Edifício Ventura Corporate Towers
Av. República do Chile, 330
21o andar, Torre Leste
Centro - Rio de Janeiro, RJ
CEP: 20.031-170

+55 21 2532-4649
gabinete@musica.ufrj.br

Redes sociais