Coral Infantil da UFRJ

Coral Infantil da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Desde 1989, celeiro de grandes talentos...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Violões da UFRJ

Violões da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado ao violão brasieliro...

Formado em 2003 a partir…

More...
Galeria de Imagens

Galeria de Imagens

Fotos e imagens dos eventos da Escola de Música...

More...
Trio UFRJ

Trio UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Grande abrangência de repertório e atuação...

Reconhecendo afinidades de concepções musicais e técnicas,…

More...
Conjunto Sacra Vox

Conjunto Sacra Vox

Institucional >> Conjunto Estáveis

Desde 1998 divulgando o repertório sacro de todos os tempos...

O conjunto vocal de câmara Sacra Vox foi fundado…

More...
Os Concertos Virtuais UFRJ estão no ar

Os Concertos Virtuais UFRJ estão no ar

Notícias >> Arquivo

Lançamento dia 13 de dezembro da experiência piloto...

Foto: Marco Fernandes/CoordCOM…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Outras notícias... Noel Devos escolhido para Medalha Villa-Lobos
Noel Devos escolhido para Medalha Villa-Lobos PDF Imprimir E-mail
Escrito por SeTCOM   
Dom, 11 de Junho de 2017 00:00

O fagotista e professor Noel Devos foi escolhido pela Academia Brasileira de Música (ABM) para receber este ano a Medalha Villa-Lobos. Instituída em 2014 e concedida a grandes personalidades da música brasileira, a medalha contempla três categorias, compositor, intérprete e professor/musicólogo, sendo escolhida uma categoria por ano.

  Foto: Reprodução
  davos2017x.jpeg
   

 

Em 2017 foi a vez da categoria professor/musicólogo. Reconhecido como grande intérprete da música brasileira, Devos desenvolveu intensa atividade pedagógica como professor de fagote e música de câmara.

Por mais de trinta anos foi docente da Escola de Música. Em 2011 o Centro de Estudos dos Instrumentos de Sopro da UFRJ foi rebatizado em como Centro de Estudos dos Instrumentos de Sopro Professor Noel Devos em sua homenagem.

A Medalha Villa-Lobos será entregue ao agraciado no dia 15 de julho durante o concerto comemorativo dos 72 anos da ABM no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

NOEL DEVOS. Nascido em Calais, estudou no Conservatório de Paris, onde obteve por unanimidade o primeiro prêmio. Em 1952, a convite de Eleazar de Carvalho, se transferiu para o Brasil, para ocupar o posto de primeiro fagote da Orquestra Sinfônica Brasileira. Muitos dividem a história do fagote no Brasil em antes e depois da chegada de Noel Devos ao país. Sua atuação como músico e professor deu ao instrumento uma relevância até então inédita na música brasileira. O repertório nacional para fagote solista e na música de câmara se desenvolveu e consolidou tendo Devos como protagonista. A ele dedicaram obras, dentre outros, compositores como Mignone, Siqueira, Bocchino, Macêdo, Kiefer e Bauer. Sua atuação como docente é particularmente relevante. Foi frofessor da Escola de Música Villa-Lobos e da Escola de Música da UFRJ. Sua ação pedagógica espalhou-se por todo o país, através da participação nos mais importantes e variados cursos de férias e festivas de música, que se reflete nas diversas gerações de seus alunos que hoje ocupam postos como solistas das principais orquestras brasileiras e docentes em universidades e escolas de música. Destaca-se, por fim, sua relação com Villa-Lobos, tendo não só estreado algumas de suas obras, como participado de várias edições do Festival Villa-Lobos, ministrado cursos de interpretação sobre a obra do compositor.

Fonte: site da ABM

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Qua, 05 de Julho de 2017 23:31
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO