Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Institucional >> Conjunto Estáveis

Criada em 1924 é a mais antiga orquestra do Rio de Janeiro...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Trio UFRJ

Trio UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Grande abrangência de repertório e atuação...

Reconhecendo afinidades de concepções musicais e técnicas,…

More...
Conjunto Sacra Vox

Conjunto Sacra Vox

Institucional >> Conjunto Estáveis

Desde 1998 divulgando o repertório sacro de todos os tempos...

O conjunto vocal de câmara Sacra Vox foi fundado…

More...
Orquestra Juvenil

Orquestra Juvenil

Institucional >> Conjunto Estáveis

Em funcionamento desde 1995...

A Orquestra Juvenil da UFRJ foi criada pelo maestro André…

More...
Selo Fonográfico UFRJ/Música

Selo Fonográfico UFRJ/Música

Institucional >> Publicações

Conheça a produção fonográfica da Escola de Música

A produção fonográfica da Escola de Música remonta à época do LP quando a Orquestra Sinfônica gravou a Abertura em…

More...
Coro Sinfônico da UFRJ

Coro Sinfônico da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado às grandes obras corais sinfônicas de todos os tempos...

Coro Sinfônico da UFRJ é…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Outras notícias... Concertos celebram 168º aniversário da Escola de Música
Concertos celebram 168º aniversário da Escola de Música PDF Imprimir E-mail
Escrito por Meri Toledo Fraga   
Qui, 28 de Julho de 2016 08:46

Do primeiro ao quarto dia do mês de agosto, uma gama de estilos musicais irá se espalhar pelo Salão Leopoldo Miguez, em comemoração aos 168 anos de produção de conhecimento, ensino e pesquisa da Escola de Música da UFRJ e em homenagem a Francisco Mignone.

 

  Fotos: Divulgação
  orquestra-sopros02
  rodrigocic
  Acima, a Orquestra de Sopros estará mais uma vez sob o comando de Marcelo Jardim, seu regente titular. Abaixo, Rodrigo Cicchelli, que estreia In Honorem Sactorum.
  Acompanhe na galeria de imagens a cobertura fotogrática do evento

No dia 1º, às 19h, sob a regência de Marcelo Jardim, a Orquestra de Sopros da UFRJ será a responsável pelo concerto que tem em seu programa peças musicais de Francisco Mignonee Heitor Villa-Lobos, seguidas de três obras do compositor, saxofonista, clarinetista, arranjador e compositor, Hudson Nogueira.

No concerto, a estréia mundial da obra intitulada Segunda Suíte das Lendas Amazônicas terá como solista o próprio compositor, Hudson Nogueira, cujos arranjos e composições estão registrados em mais de 20 CDs gravados no Brasil e no exterior, somando-se a isso, em acordo ao regente da orquestra, a futura inclusão de seu trabalhono Catálogo de obras para Bandas Sinfônicas e Orquestras de Sopros da Academia Brasileira de Música.

No segundo dia do mês de agosto, às 18h30, com o Conjunto Sacra Vox, o Brasil Ensemble e o Quinteto de Metais da UFRJ tem início o concerto Música Coral Sacra do Século XX e XXI.

Com direção de Valéria Matos, o Sacra Vox tem em seu programa as obras Preghiera, de Caio Senna e Breve Missa, de Edu Loureiro, especialmente compostas para as estreias do conjunto, em 2016.

Para a primeira apresentação mundial da composição In Honorem Sactorum, sobre tema Perontin, de Rodrigo Cicchelli, docente do Departamento de Composição da Escola de Música da UFRJ, a interpretação caberá ao Quinteto de Metais, no Prelúdio da obra, e ao Brasil Ensemble- UFRJ.

Com regência da maestrina Maria José Chevitarese, o Brasil Ensemble, como não poderia deixar de ser, faz também a interpretação de uma obra de Francisco Mignone, a 6ª Missa, composta e dedicada a Heitor Villa-Lobos, em 5 de março de 1967, dia em que o autor das Bachianas Brasileiras completava 80 anos de vida.

No dia 3 de agosto, às 19h, com direção de Miriam Grosman,realizar-se-á o ConcertoPROMUS-programa de pós-graduação stricto sensu, aprovado pela CAPES, em 2015.

No concerto, deste Curso de Mestrado Profissional em Música da UFRJ, os discentesdesua primeira turma, seus docentes e músicos da Escola, a saber: Mateus Ceccato, Jeferson Souza, Jorge Mathias, Luiz Lima, Weslley Guedes, Philip Doyle, Ubiratã Rodrigues, Lipe Portinho, Daniela Mesquita, Cristiano Alves, Paulo Sá, Bartholomeu Wiese, Veruschka Mainhard,Katia Balloussier, Silas Barbosa, Willian Lizardo, Jessé Junior, Felipe Santos, Mateus Freitas , Son Lemos e Henrique Cantalice,numa demonstração do cumprimento daproposta do programa, ou seja, uma formação altamente qualificada nas Práticas Interpretativas, executam e cedem suas vozes às obras de Francisco Mignone e Heitor Villa- Lobos.

No encerramento da semana,no dia 4 de agosto, às 19h, apresenta-se a Orquestra Sinfônica da UFRJ, com regência do maestro André Cardoso. Presentes no programa obras de Francisco Mignone, César Guerra-Peixe e a estréia mundial de um concertino para piano e orquestra, de Marcos Vinício Nogueira, docente do Departamento de Composição da Escola de Música.

Doxa, é o nome do concertino que foi composto em 2014, a pedido de Paula da Matta e Aloysio Fagerlande, para ser estreado, em Salvador, no I Simpósio de Práticas Interpretativas, mas que acabou por não ser apresentado.

A obra, voltada essencialmente para a claridade e o arrebatamento, como explicou seu compositor será, então, apresentada mundialmente ao público nesta semana em que a direção da Escola de Música, representada por Maria José Chevitarese e Andrea Adour, todo o quadro de discentes, todos os servidores docentes e técnicos rendem homenagens a Francisco Mignone e celebram o aniversário deste centro de fusão e difusão de ensino, pesquisa e extensão musical, que é a Escola de música da UFRJ.

Tal como fora planejado originalmente, a estréia mundial de Doxa tem no solo a pianista Paula da Matta e, como regente, o maestro André Cardoso.

 

PROGRAMAÇÃO

 

DataNomelocalCategoria
1 de Ago de 2016
19.00 h
Orquestra de Sopros da UFRJ Salão Leopoldo Miguez 168° Aniversário da Escola de Música
2 de Ago de 2016
18.30 h
Musica coral sacra do século XX e XXI Salão Leopoldo Miguez 168° Aniversário da Escola de Música
3 de Ago de 2016
14.30 h
Mesa redonda: Francisco Mignone, o homem e o músico Sala da Congregação 168° Aniversário da Escola de Música
3 de Ago de 2016
19.00 h
Concerto PROMUS Salão Leopoldo Miguez 168° Aniversário da Escola de Música
4 de Ago de 2016
19.00 h
Orquestra Sinfônica da UFRJ Salão Leopoldo Miguez 168° Aniversário da Escola de Música

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Ter, 02 de Agosto de 2016 09:21
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO