170 ANOS FORMANDO MÚSICOS DE EXCELÊNCIA

Concertos UFRJ: Matinas de Natal, de Nunes Garcia

0
0
0
s2sdefault

A edição desta semana de Concertos UFRJ destacou a gravação ao vivo da última apresentação da temporada 2013 da OSUFRJ, no dia 12 de dezembro. O já tradicional concerto de Natal, que este ano ocorreu na Igreja de Nossa Senhora do Carmo da Lapa do Desterro, no Centro do Rio, ganhou um atrativo especial. Integrou as homenagens ao centenário de nascimento de Cleofe Person de Mattos (1913-2002), musicóloga, professora e regente..

 

 

podcast

Ouça aqui o programa: 

 
 
Toda segunda-feira, às 22h, tem "Concertos UFRJ" na Roquette Pinto FM. Sintonize 94,1 ou acompanhe pela internet!
Programas anteriores podem ser encontrados na seção Concertos UFRJ.
   

 

Renomada pesquisadora da obra de José Maurício Nunes Garcia (1767-1830), o repertório do concerto foi integralmente dedicado à obra do Padré Zé, como Cleofe costumava chamar carinhosamente o maior compositor do período colonial brasileiro. A grande atração do programa, suas Matinas do Natal, foram recuperadas pela musicóloga e publicadas em parceria com a Funarte.

 

Escrita em 1799 para solistas, coro e acompanhamento de órgão, ganhou posteriormente, do próprio compositor, uma versão orquestral, a que foi apresentada. Como solistas, Carol McDavit (soprano), Noeli Melo (mezzo-soprano), Ricardo Tuttman (tenor) e Inácio De Nonno (barítono). Jésus Figueiredo regeu a Orquestra Sinfônica da UFRJ e o Coro Sinfônico da Associação de Canto Coral (ACC).

 

As Matinas estão dividida em oito responsórios: Hodie nobis caelorum Rex, Hodie nobis de caelo pax vera, Quem vidistis pastores, O magnum mysterium, Beata Dei Genitrix, Sancta et Immaculata, Veata víscera Mariae virginis e Verbum caro.

 

Cleofe Person de Mattos (1913-2002) foi professora da Escola de Música (EM) e fundadora (1941) e regente do Coro Feminino Pró-Música, que deu origem à Associação de Canto Coral. Publicou, entre outras importantes contribuições, o Catálogo temático das obras de José Maurício Nunes Garcia (Rio de Janeiro, 1970) – o primeiro do gênero no Brasil – e a Biografia do padre (Rio de Janeiro, 1997). Foi também redatora da Revista Brasileira de Música (RBM), a mais antiga publicação do gênero no País, e ocupou a cadeira no 5 da Academia Brasileira de Música.

 

Barroco italiano

 

O programa apresentou, como complemento da audição, obras executadas no Concerto de Natal do ano passado, gravadas então na igreja Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé, na Praça XV, do Rio. Na ocasião foram apresentadas peças instrumentais escritas por compositores italianos do período barroco. Felipe Prazeres conduziu a OSUFRJ.

 

Daquele concerto a edição veiculou três obras. A Sinfonia Pastoral, de Gaetano Maria Schiassi (1698-1754), tendo como solistas Felipe Prazeres, Adonhiran Reis, violinos; Jessé Pereira, viola; e Mateus Ceccato, violoncelo; e Eduardo Antonello, cravo. O Concerto Grosso, op. 6, no 8, de Arcagelo Corelli (1653-1713), com Felipe Prazeres e Adonhiran Reis, violinos; e Mateus Ceccato, violoncelo. O Concerto Grosso para Noite de Natal, op. 8, no 6, de Giuseppe Torelli (1658-1709), com Felipe Prazeres e Adonhiran Reis, violinos; e Mateus Ceccato, violoncelo.

 

 

***

 

O programa radiofônico Concertos UFRJ, resultado de um convênio da UFRJ com a Roquette Pinto, vai ao ar toda segunda-feira, às 22h, na sintonia 94.1 FM. Apresentado por André Cardoso, regente titular da OSUFRJ, as edições podem ser acompanhadas on line ou por meio do podcast (áudio sob demanda) da Roquette Pinto (FM 94,1).

 

Contatos através do endereço eletrônico: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

 

Correspondência

Escola de Música da UFRJ
Edifício Ventura Corporate Towers
Av. República do Chile, 330
21o andar, Torre Leste
Centro - Rio de Janeiro, RJ
CEP: 20.031-170

+55 21 2532-4649
gabinete@musica.ufrj.br

Redes sociais