170 ANOS FORMANDO MÚSICOS DE EXCELÊNCIA

Abdon Milanez (1916-1923)

img
Diretor Abdon Milanez
Periodo(s) 1916-1923
Biografia

Abdon Felinto Milanez nasceu no município de Areia, Paraíba, a 10 de agosto de 1858. Logo cedo se transferiu para o Rio de Janeiro, tendo cursado Engenharia na Escola Politécnica, formando-se em 1880. Não fez estudos regulares de música, tendo iniciado tardiamente o estudo de piano. Em sua fase de estudante, compôs polcas e valsas, publicadas pela Casa Bevilacqua. Foi deputado provincial entre 1880 e 1881 e senador entre 1894 e 1902. Escrevia operetas e revistas representadas com sucesso nos teatros do Rio de Janeiro como: "Donzela Teodora", com libreto de Arthur Azevedo, "A loteria do amor", com libreto de Coelho Neto, "O bico do papagaio" e "A chave do inferno". Embora não possuísse formação tradicional como compositor, escreveu a ópera "Primizie", em um ato, com libreto de Heitor Malagutti, que estreou em 1904, no Rio de Janeiro, tendo sido novamente encenada em 1921, no Teatro Municipal. Em 1916, em razão de seus relacionamentos políticos e com grande resistência interna ao seu nome, assumiu a direção do Instituto Nacional de Música em substituição ao compositor Alberto Nepomuceno, cargo que exerceu até aposentar-se em 1922. Em sua gestão, foi terminada a construção do prédio da Rua do Passeio, tendo sido inaugurado em 1922. Faleceu no Rio de janeiro no dia 1º de abril de 1927.

Correspondência

Escola de Música da UFRJ
Edifício Ventura Corporate Towers
Av. República do Chile, 330
21o andar, Torre Leste
Centro - Rio de Janeiro, RJ
CEP: 20.031-170

+55 21 2532-4649
gabinete@musica.ufrj.br

Redes sociais