Selo Fonográfico UFRJ/Música

Selo Fonográfico UFRJ/Música

Institucional >> Publicações

Conheça a produção fonográfica da Escola de Música

A produção fonográfica da Escola de Música remonta à época do LP quando a Orquestra Sinfônica gravou a Abertura em…

More...
Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Institucional >> Conjunto Estáveis

Criada em 1924 é a mais antiga orquestra do Rio de Janeiro...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Coro Sinfônico da UFRJ

Coro Sinfônico da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado às grandes obras corais sinfônicas de todos os tempos...

Coro Sinfônico da UFRJ é…

More...
Concertos UFRJ

Concertos UFRJ

Toda segunda, às 22h, temos encontro marcado na FM 94,1

More...
Galeria de Imagens

Galeria de Imagens

Fotos e imagens dos eventos da Escola de Música...

More...
Os Concertos Virtuais UFRJ estão no ar

Os Concertos Virtuais UFRJ estão no ar

Notícias >> Arquivo

Lançamento dia 13 de dezembro da experiência piloto...

Foto: Marco Fernandes/CoordCOM…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Conjuntos Estáveis
Os conjuntos da Escola de Música PDF Imprimir E-mail

A Escola de Música possui diversos grupos estáveis que fazem a representação institucional não só da unidade mas também da própria UFRJ. Entre os grupos instrumentais destaca-se a Orquestra Sinfônica, criada em 1924, e mais antigo conjunto da Escola de Música, com atuação ininterrupta por mais de oitenta anos. Há ainda a Orquestra de Sopros e a UFRJazz Ensemble, nossa big-band que se dedica ao jazz e a música brasileira e internacional instrumental. Entre os grupos vocais destaca-se o Coro Sinfônico, formado a partir da reunião em um só organismo das diferentes turmas da disciplina canto coral. Os corais se destacam também a partir dos projetos de extensão como os conjuntos vocais Brasil Ensemble e Sacra Vox. Por fim temos o Coro Infantil da UFRJ, grupo tradicional formado com as crianças inscritas nos cursos básico e intermediário da Escola de Música e com destacada atuação no calendário de concertos da cidade.


 
Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ) PDF Imprimir E-mail
Escrito por Administrator   
Seg, 15 de Fevereiro de 2010 10:16

Mais antiga orquestra do Rio de Janeiro, a atual Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ) foi criada em 1924 com a denominação “Orquestra do Instituto Nacional de Música”. Sua estréia deu-se em 25 de setembro do mesmo ano, apresentando-se, inicialmente, com 33 alunos de instrumentos de cordas, sob a regência do Professor Ernesto Ronchini (1863-1931).

 

    orquestramm

Orquestra do Instituto Nacional de Música com o maestro Ernesto Ronchini ao centro

Dentre esses participantes, estavam alguns daqueles que se tornariam notáveis instrumentistas de sua geração, tais como o violoncelista Iberê Gomes Grosso (1905-1983) e os violinistas Oscar Borgerth (1906-1992) e Mariucia Iacovino. Nos primeiros anos de existência, seu principal regente foi o Maestro Francisco Braga (1868-1945), passando a orquestra a contar com a participação de alguns professores e ex-alunos. Diversos regentes com ela atuaram, desde então, entre os quais destacam-se Francisco Mignone (1897-1986), Oscar Lorenzo Fernandez (1897-1948), Souza Lima (1898-1982), Armando Belardi (1900-1989), José Siqueira (1907-1985), Eleazar de Carvalho (1912-1996), Mário Tavares (1928-2003) e Henrique Morelenbaum.

 

Leia mais...
 
Orquestra de Sopros PDF Imprimir E-mail

orquestradesopros200Formada por alunos de graduação da Escola de Música inscritos na disciplina Prática de Orquestra, a Orquestra de Sopros  tem por objetivo o desenvolvimento técnico e musical de seus integrantes, com a apresentação da literatura para sopros, por meio de ensaios regulares e programas que incluem obras originais, transcrições e arranjos de compositores desde o século XVIII até o XXI. Ao repertório tradicional de compositores europeus e americanos como Gustav Holst, Vaughan-Williams, Persichetti, Alfred Reed, Frank Ticheli, John Corigliano e Johan De Meij, a orquestra dá especial atenção também ao repertório brasileiro, já tendo executado obras de Villa-Lobos, Murillo Santos, Ronaldo Miranda, Edmundo Villani-Côrtes, Hudson Nogueira, João Guilherme Ripper e Sérgio Di Sabbato, entre outros.

 

Desde sua fundação a Orquestra de Sopros da UFRJ vem se apresentando no Salão Leopoldo Miguez da Escola de Música, na Sala Cecília Meireles, no Auditório do Centro de Tecnologia da UFRJ e em eventos importantes como o Festival Villa-Lobos e o Panorama da Música Brasileira Atual. Em 2009 lançou seu primeiro CD com as duas obras para orquestra de sopros de Villa-Lobos, o Concerto Grosso e a Fantasia em três movimentos em forma de choros, sob regência do maestro Marcelo Jardim.

Leia mais...
 
Orquestra Juvenil PDF Imprimir E-mail

orquestrajuvenilA Orquestra Juvenil da UFRJ foi criada pelo maestro André Cardoso em 1995 quando ainda era professor substituto da Escola de Música, com o objetivo de proporcionar aos alunos dos cursos Básico e Intermediário as primeiras experiências com a prática orquestral. Fazem parte também da orquestra alunos de outras instituições, assim como de professores particulares que encaminham seus alunos para a Escola de Música de forma a praticarem a música de conjunto.

 

Com repertório direcionado ao aprendizado e treinamento de seus jovens músicos, a orquestra sempre apresentou obras originais e adaptações, transcrições e arranjos de modo a atender aos diferentes níveis de desenvolvimento de seus integrantes. O trabalho é coordenado pelo maestro André Cardoso mas a orquestra é conduzida por alunos de regência orquestral da Escola de Música, que assim também adquirem experiencia prática à frente de um grupo.

Leia mais...
 
UFRJazz Ensemble PDF Imprimir E-mail

ufrjjazzA UFRJazz Ensemble foi criada a partir da implementação do Curso de Bacharelado em Música - Saxofone pelo prof. José Rua, da Escola de Música. A orquestra UFRJazz Ensemble destaca-se pela qualidade de seu trabalho dedicado à música instrumental popular brasileira, ao jazz contemporâneo, bem como à música de concerto. Sob a direção de seu idealizador, a orquestra é formada por alunos da Escola de Música da UFRJ, além de contar com músicos convidados.

 

Possui grande repertório que abrange desde obras originais de compositores do século XX, como Stravinsky e Bernstein, até clássicos da música popular brasileira, com diversos arranjos feitos especialmente para o conjunto. Vários músicos já atuaram como convidados da UFRJazz, destacando-se entre eles o trombonista Raul de Souza, Hermeto Pascoal, Jovino Santos Neto, Júlio Barbosa, Gilson Peranzzetta, Carlos Malta, Nivaldo Ornelas, Guinga, entre outros.

Leia mais...
 
Brasil Ensemble - UFRJ PDF Imprimir E-mail

brasilensembleCriado em outubro de 1999, o conjunto vocal Brasil Ensembre - UFRJ está sob a direção da profª. Maria José Chevitarese, idealizadora do grupo. A seriedade deste grupo já pode ser demonstrada através dos inúmeros concertos realizados em importantes salas de concertos dentro e fora do Brasil. No ano de 2000, recebeu Diploma de Prata na categoria de Coro de Câmara, Vozes Mistas, na “Olympics Choir 2000”, em Linz, Áustria.  

 

O grupo participou dos projetos FINEP in Concert, Candelária, Música no Museu, Música nas Igrejas, tendo também atuado junto à Orquestra Sinfônica Brasileira, à Orquestra Sinfônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro e a Orquestra Sinfônica Nacional, na Sala Cecília Meireles e no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. 

 

Leia mais...
 
Conjunto Sacra Vox PDF Imprimir E-mail

SacraVoxO conjunto vocal de câmara Sacra Vox foi fundado em 1998 e visa divulgar o repertório sacro de todos os tempos, com especial enfoque nos compositores brasileiros. Seu primeiro diretor foi o professor Jorge Armando Nunes. Desde 2003 o grupo é dirigido pela professora Valéria Matos.

 

Seu primeiro CD foi lançado em 2006 e intitulado “Música Coral Sacra Contemporânea Brasileira” com obras dos compositores Roberto Macedo, Marcos Nogueira, Rodrigo Cicchelli, Ernani Aguiar e Pauxi Gentil Nunes.

 

Em 2009 lançou o segundo CD, intitulado “Música Sacra Brasileira nos Séculos XVIII e XIX” com obras de José Maurício Nunes Garcia, Lobo de Mesquita, Marcos Coelho Neto, Paula Souza, João de Deus Castro Lobo, Francisco Manoel da Silva e Presciliano Silva.

 

Leia mais...
 
Coral Infantil da UFRJ PDF Imprimir E-mail

coralinfantil02Criado em 1989, pela maestrina Maria José Chevitarese, o Coral Infantil da UFRJ é hoje um grupo consolidado, desenvolvendo um trabalho de excelência, de nível internacional.

 

Composto por 40 crianças, com idade entre sete e quinze anos, o coral tem sido um celeiro de descoberta e aprimoramento técnico de grandes talentos. Com mais de 270 apresentações em seu curriculum, o conjunto já cantou junto as Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Orquestra Pró-Música Petrobrás, Orquestra Jovem Pró-Música Petrobrás, Orquestra Sinfônica Nacional, Orquestra Sinfônica Brasileira e Orquestra Sinfônica da UFRJ, sob a regência de maestros brasileiros e estrangeiros.

 

O grupo participou das montagens das óperas Tourandot (1993, 2002), La Bohème (1994, 2008) e Tosca de Puccini (2003), Carmem de Bizet (1994, 2000), Hansel und Gretel de Engelbert Humperdinck (2002) e Mefistófoles de Arigo Boito (2003).

Leia mais...
 
Coro Sinfônico da UFRJ PDF Imprimir E-mail

corodinfonicoCoro Sinfônico da UFRJ é composto por alunos dos cursos de bacharelado e licenciatura em música inscritos nas diversas turmas da disciplina Canto Coral. O grupo se dedica ao repertório das grandes obras corais sinfônicas de todos os tempos, desde aquelas do período colonial brasileiro até a música contemporânea.


Nos últimos anos o Coro Sinfônico apresentou a Missa da Coroação de Mozart, a 9a Sinfonia de Beethoven (2005), o Salmo 42 "Wie der Hirsch schreit nach frischem Wasser" e a Cantata "Vom Himmel hoch" de Mendelssohn (2006), o Magnificat-Aleluia (2004) de Villa-Lobos, o Requiem e o Te Deum das Matinas de São Pedro de José Maurício Nunes Garcia (2007) e o Requiem Alemão de Brahms. Este último foi executado em 2008 durante o concerto de encerramento do Festival Internacional de Música Brasil/Alemanha em 2008, sob a regência do maestro Martin Schmidt, da Escola Superior de Música de Karlsruhe (Alemanha).

Leia mais...
 
Quinteto Experimental de Sopros PDF Imprimir E-mail
quintetodesopros400Formado por alunos de graduação da Escola de Música inscritos na disciplina Práticas de conjunto: conjunto de sopros, o Quinteto Experimental de Sopros tem por objetivo pesquisar, ensaiar e apresentar publicamente o repertório para quinteto de sopros. Através de concertos em diferentes espaços da UFRJ e fora dela, o grupo pretende divulgar uma formação camerística tradicional na música de concerto mas nem sempre conhecida pelo grande público. Ao mesmo tempo desenvolve um trabalho essencial para a formação acadêmico-profissional dos alunos envolvidos. Criado em 2009, o grupo já participou de eventos como o Festival Internacional de Música Brasil-Alemanha, promovido pela UFRJ/UniRio/Escola Superior de Musica de Karlsruhe, da série Talentos UFRJ e da Semana de Aniversário da Escola de Música, apresentando um repertório eclético e variado que abrange obras desde o período clássico até a música brasileira contemporânea.
Leia mais...
 
Conjunto de saxofones da UFRJ PDF Imprimir E-mail

conjuntodesaxesa

O Conjunto de saxofones da UFRJ é uma formação de música de câmara que conta com os principais saxofones da família (soprano, alto, tenor, barítono) em formações diversas (desde duo até octeto e orquestra de saxes), podendo ter a participação de outros instrumentos convidados, tais como piano, percussão e eletrônica.

 

O grupo executa um repertório eclético que inclui música de concerto, música contemporânea, música brasileira, choro, jazz e música renascentista; e tem se aprestado na Escola de Música desde 2009.

 

A formação reúne alunos da disciplina Conjunto de Saxofones do curso de bacharelado. Nela são trabalhadas as diversas técnicas, as sonoridades, a afinação do instrumento e a prática coletiva em vários estilos musicais, com o objetivo de tornar os estudantes autônomos no seu trabalho musical.

Leia mais...
 
Trio UFRJ PDF Imprimir E-mail

trioufrj350

Reconhecendo afinidades de concepções musicais e técnicas, os instrumentistas por Mateus Ceccato (violoncelo), Luciano Magalhães (piano) e Marco Catto (violino), técnicos concursados que integram a Orquestra Sinfônica da UFRJ, decidiram criar o Trio UFRJ, uma formação camerística de violino, violoncelo e piano que possibilita uma grande abrangência de repertório e atuação.

 

Além de divulgar a música clássica, em especial a brasileira, em concertos didáticos dentro e fora da universidade, o Trio pretende interagir com professores e estudantes de cordas, piano e composição, em aulas coletivas ou masterclasses, a fim de abordar aspectos que envolvem o trabalho da música de câmara, como técnicas de ensaio, discussão de idéias e conceitos musicais. Na escolha do repertório, propõe-se executar não apenas peças tradicionais, como também composições novas de integrantes da Escola.

Leia mais...
 
Violões da UFRJ PDF Imprimir E-mail

violoesFormado em 2003 a partir da iniciativa do professor Bartholomeu Wiese, o Violões da UFRJ, grupo composto por oito estudantes do Curso de Violão da Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi reunido inicialmente para realizar uma apresentação no programa Sala de Concerto da Rádio MEC. Um ano depois já contava com diversas apresentações, com destaque para A Semana da Cinelândia, realizado pela Câmara dos Vereadores e a Inauguração do Projeto de Revitalização do Passeio Público, promovido pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

 

Com sua identidade mais consolidada, em 2005, o grupo iniciou uma nova pesquisa de repertório que culminou, no ano seguinte, com a gravação do primeiro CD, com apoio da UFRJ e da Rádio MEC.


Em 2007 obteve a aprovação do projeto Concertos Universitários, do convênio da UFRJ com o Banco do Brasil, que consistiu na apresentação de recitais em cursos superiores de música, salas de concerto e teatros da região sudeste.

Leia mais...
 
Camerata dedilhada da UFRJ PDF Imprimir E-mail

camerataCriada em 2013 (Congregação de 15 de julho de 2013) como grupo de representação da Escola de Música da UFRJ, vinculada ao projeto de pesquisa: "Música brasileira para cordas dedilhadas: produção, pesquisa e interpretação", apoiado pelo Edital FAPERJ No. 03/2016 – Apoio à Produção e Divulgação das Artes no Estado do rio de Janeiro.

 

O objetivo do grupo de câmara é pesquisar novos recursos/combinações sonoras e de timbre dos instrumentos cordofonicos dedilhados tais como: cavaquinho, bandolim, viola de 10 cordas e violões de 6 e 7 cordas, violão tenor e violão requinto. Investigar e refletir à luz da poética e da prática interpretativa, os maneirismos, nuances e as inflexões instrumentais características de cada um destes instrumentos. Difundir e integrar as obras produzidas ao processo de construção e interpretação de performers, violonistas, bandolinistas, cavaquinistas, guitarristas entre outros cordofonistas, ampliando, reunindo, contextualizando e analisando o repertório selecionado. Criar novas formas de diálogo entre departamentos de formação técnico-instrumental e de composição das instituições de ensino superior, assim como outros compositores e músicos convidados que venham contribuir para a pesquisa, que também prevê a participação do corpo discente dos cursos de graduação em composição, bacharelados em instrumentos e Licenciatura.

Leia mais...
 


Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO