Conjunto Sacra Vox

Conjunto Sacra Vox

Institucional >> Conjunto Estáveis

Desde 1998 divulgando o repertório sacro de todos os tempos...

O conjunto vocal de câmara Sacra Vox foi fundado…

More...
Orquestra Juvenil

Orquestra Juvenil

Institucional >> Conjunto Estáveis

Em funcionamento desde 1995...

A Orquestra Juvenil da UFRJ foi criada pelo maestro André…

More...
Coral Infantil da UFRJ

Coral Infantil da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Desde 1989, celeiro de grandes talentos...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Orquestra de Sopros

Orquestra de Sopros

Institucional >> Conjunto Estáveis

Formada por alunos da disciplina Prática de Orquestra...

Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Cras aliquam, ante quis convallis semper, nunc…

More...
Biblioteca Alberto Nepomuceno

Biblioteca Alberto Nepomuceno

Institucional >> Biblioteca

Capítulo importante da música no País

A história da Biblioteca Alberto Nepomuceno é, com certeza, capítulo importante da própria história da música no Brasil. Francisco Manuel da…

More...
Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Institucional >> Conjunto Estáveis

Criada em 1924 é a mais antiga orquestra do Rio de Janeiro...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Concertos UFRJ Homenagem a Cyro Pereira
Homenagem a Cyro Pereira PDF Imprimir E-mail
A obra de Cyro Pereira buscou reduzir as distâncias entre o popular e o erudito.
Escrito por SeTCOM   
Dom, 12 de Junho de 2011 21:00
podcast

Ouça aqui o programa: 

Toda segunda-feira, às 22h, tem "Concertos UFRJ" na Roquette Pinto FM. Sintonize 94,1 ou acompanhe pela internet!

Programas anteriores podem ser encontrados na seção Concertos UFRJ.

A edição de “Concertos UFRJ” do dia 13 de junho faz uma comovida homenagem ao maestro Cyro Pereira, recentemente falecido – criador extraordinário que transitou com desenvoltura entre a música de concerto e a popular. Produção e apresentação de André Cardoso, docente da Escola de Música (EM) e regente titular da Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ), o programa é resultado de uma parceria da EM com a rádio Roquette Pinto e vai ao ar toda segunda-feira, às 22h, pela emissora, na sintonia 94,1 FM.

 

O maestro, compositor, arranjador e pianista Cyro Marin Pereira era gaúcho, da cidade de Rio Grande, onde nasceu em 1929. Seu primeiro arranjo orquestral data de 1947. Chegou a São Paulo nos anos 1950, onde não demorou a ser reconhecido como compositor e arranjador de talento. Trabalhou no rádio e, já na década de 60, na TV. Destacou-se como diretor de orquestra durante os famosos festivais da canção promovidos pela TV Record. Na mesma emissora participou de programas musicais importantes, como o “Fino da Bossa”, comandado por Elis Regina e Jair Rodrigues. Ao longo da carreira recebeu diversos prêmios como compositor e arranjador, entre eles o Troféu Roquete Pinto em duas ocasiões, em 1957 e em 1967; o de compositor do ano, pela prefeitura de São Paulo, em 1962; o do Festival Onda Nueva, Venezuela, 1972; e o Carlos Gosmes, do governo do Estado de São Paulo, em 1996. A obra de Cyro Pereira obteve alcance internacional, inclusive por meio das composições em jequibau, ritmo criado por ele em parceria com Mário Albanese.

 

Em razão da sua extensa experiência, foi convidado em 1899 para lecionar orquestração no curso de graduação em música popular da Unicamp, permanecendo como docente da universidade por dez anos. Em 1990, assumiu a função de compositor residente da recém-criada Orquestra Jazz Sinfônica. Iniciativa dos músicos Arrigo Barnabé e Eduardo Gudin, ela reúne numa só formação, por assim dizer, a orquestra tradicional e a big-band, e tem o desafiador objetivo de resgatar a tradição das grandes orquestras de rádio e dar tratamento sinfônico à MPB.

 

Fazendo uma mescla original de temas oriundos da MPB e de desenvolvimentos temáticos e variações, típicos da música de concerto, as obras de Cyro Pereira não são, em geral, meros arranjos, mas composições independentes que reelaboram um vasto material popular.

 

No programa, uma seleção de obras do compositor – todas em gravações com a Jazz Sinfônica. A Fantasia para piano e orquestra sobre temas de Ernesto Nazareth, que recebeu em 1964 o prêmio da Academia Brasileira de Música, recebe a interpretação de Claudio Richerme, ao piano, e regência Mário Valério Zaccaro; e, sob a condução de João Maurício Galindo, Aquarela de Sambas e Jobiniana, esta última a partir de temas de Tom Jobim. Já com próprio Cyro Pereira à frente da orquestra, Poema para Jobim, 1995, com Paulo Braga ao piano; Solito, com Sérgio Burgani, clarineta, e Marcelo Ghelfi, piano; Cuidado com o Degrau, com Roberto Araújo ao corne inglês; e O Fino do Choro, obra de 1991, com Júlio Cerezo Ortiz, violoncelo, Luca Raele, clarineta, e Benito Suarez Sanches, ao oboé.

 

O compositor ganhou em 2005 uma biografia, de autoria do jornalista Irineu Franco Perpetuo. Intitulada “Cyro Pereira, Maestro”, foi publicada pela DBA Editora.

 

Cyro Pereira faleceu aos 81 anos, vítima de câncer, em nove de junho de 2011.


As edições do programa Concertos UFRJ podem ser acompanhadas on line ou por meio do podcast (áudio sob demanda) da Roquette Pinto (FM 94,1). Contatos através do endereço eletrônico: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Dom, 21 de Outubro de 2012 13:06
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO