UFRJazz Ensemble

UFRJazz Ensemble

Institucional >> Conjunto Estáveis

Música instrumental brasileira, jazz contemporâneo e música de concerto...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Biblioteca Alberto Nepomuceno

Biblioteca Alberto Nepomuceno

Institucional >> Biblioteca

Capítulo importante da música no País

A história da Biblioteca Alberto Nepomuceno é, com certeza, capítulo importante da própria história da música no Brasil. Francisco Manuel da…

More...
Os Concertos Virtuais UFRJ estão no ar

Os Concertos Virtuais UFRJ estão no ar

Notícias >> Arquivo

Lançamento dia 13 de dezembro da experiência piloto...

Foto: Marco Fernandes/CoordCOM…

More...
Violões da UFRJ

Violões da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado ao violão brasieliro...

Formado em 2003 a partir…

More...
Orquestra Juvenil

Orquestra Juvenil

Institucional >> Conjunto Estáveis

Em funcionamento desde 1995...

A Orquestra Juvenil da UFRJ foi criada pelo maestro André…

More...
Orquestra de Sopros

Orquestra de Sopros

Institucional >> Conjunto Estáveis

Formada por alunos da disciplina Prática de Orquestra...

Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Cras aliquam, ante quis convallis semper, nunc…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Séries temáticas Ópera na UFRJ
Ópera na UFRJ PDF Imprimir E-mail

freischutzÉ um dos mais bem sucedidos e antigos projetos de ensino e extensão desenvolvidos na Escola de Música da UFRJ. Criado em 1994 já produziu diversos espetáculos como “A Flauta Mágica” de Mozart (1994), “Maroquinhas Fru-Fru” de Ernst Mahle sobre texto consagrado de Maria Clara Machado (1995 e 2008), “O Elixir do Amor” de Donizetti (1996), “O Chalaça” de Francisco Mignone (1997), “O Franco Atirador” de Carl Maria von Weber (1998), “A volta do estrangeiro” de Félix Mendelssohn (2001), “Don Pasquale” de Donizetti (2002) e “As Bodas de Fígaro” em 2003.

 

A partir de 2009 a Escola passou a desenvolver uma temporada com quatro diferentes títulos, alternando encenações com piano com outras com orquestra. Tal iniciativa se mostrou importante para proporcionar aos alunos uma maior regularidade de apresentações e uma experiência mais ampla em diferentes estilos e épocas. Foram encenadas em 2009 “O Telefone” de Giancarlo Menotti, “Rita” de Donizetti, “La serva padrona” de Pergolesi e “Un mari a le porte” de Offenbach.

 

O projeto congrega várias unidades da UFRJ. Além da Escola de Música participam a Escola de Belas Artes (cenários e figurinos) e a Escola de Comunicação (direção teatral), sendo uma oportunidade ímpar de qualificação profissional especializada para os alunos.

 

A escolha dos títulos a serem encenados obedece a critérios didáticos e ao mesmo tempo funcionais. Didáticos porque procuramos proporcionar aos alunos a abordagem de diferentes estilos e linguagens. Funcionais porque são escolhidos títulos que sejam adequados às vozes dos alunos e ao tamanho e recursos técnicos do palco do Salão Leopoldo Miguez, ao mesmo tempo que sejam uma garantia de sucesso junto ao público.

 

maroquinhasO projeto tem como objetivos proporcionar aos alunos das unidades envolvidas na produção, treinamento e aperfeiçoamento no gênero operístico e formar mão de obra qualificada e especializada em espetáculos líricos.

 

Os alunos atuam em todas as etapas de produção do espetáculo e são coordenados por professores e profissionais convidados que se encontram entre os mais requisitados e atuantes na área como Beth Filipecki (figurinos), Ronald Teixeira (cenários), Dudu Sandroni, José Henrique, Walter Lima Torres, Julio Adrião, Diva Pieranti, André Heller e Arnaldo Marques (direção cênica), Dennis Gray e Eleonora Gabriel (coreografia), Inácio de Nonno (preparação vocal) e André Cardoso e Ernani Aguiar (regência).


Com a produção de um espetáculo de ópera, uma das mais complexas manifestações artísticas da cultura ocidental, a UFRJ marca seu compromisso com a diversidade cultural, enriquecendo o cenário artístico do Rio de Janeiro e chamando a atenção para o importante papel da Universidade na qualificação profissional dos artistas brasileiros.

 

A temporada de 2010 apresentará “Il segretto di Susanna” de Wolf-Ferrari, “Die Opernprobe” de Lortzing, “Il Rè” de Giordano e a estréia mundial de “A hora e a vez de Augusto Matraga” de João Guilherme Ripper.


 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO