Brasil Ensemble - UFRJ

Brasil Ensemble - UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Mais de uma década se apresentando em importantes salas de concertos...

Criado em outubro de 1999, o conjunto vocal Brasil…

More...
UFRJazz Ensemble

UFRJazz Ensemble

Institucional >> Conjunto Estáveis

Música instrumental brasileira, jazz contemporâneo e música de concerto...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Violões da UFRJ

Violões da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado ao violão brasieliro...

Formado em 2003 a partir…

More...
Coro Sinfônico da UFRJ

Coro Sinfônico da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado às grandes obras corais sinfônicas de todos os tempos...

Coro Sinfônico da UFRJ é…

More...
Conjunto Sacra Vox

Conjunto Sacra Vox

Institucional >> Conjunto Estáveis

Desde 1998 divulgando o repertório sacro de todos os tempos...

O conjunto vocal de câmara Sacra Vox foi fundado…

More...
Orquestra Juvenil

Orquestra Juvenil

Institucional >> Conjunto Estáveis

Em funcionamento desde 1995...

A Orquestra Juvenil da UFRJ foi criada pelo maestro André…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Escola de Música na Imprensa Federação Internacional dos Músicos pede boicote à OSB
Federação Internacional dos Músicos pede boicote à OSB PDF Imprimir E-mail
Veículo: Folha de São Paulo   
Seg, 02 de Maio de 2011

Matéria publicada na Folha de São Paulo, 03 de maio de 2011, que menciona o concerto-protesto dos músicos demitidos da OSB na Escola de Música.

 

folhadesaopaulo-2011-05-03

 

Federação Internacional dos Músicos pede boicote à OSB


Comunicado quer que os artistas não participem das audições

 

DO RIO

 

A Federação Internacional dos Músicos divulgou ontem um comunicado aos associados pedindo boicote mundial às audições que a OSB (Orquestra Sinfônica Brasileira) fará neste mês em Londres, em Nova York e no Rio.

 

A orquestra pretende contratar instrumentistas para preencher as vagas deixadas pelos 36 funcionários demitidos e para outras 13 posições que já estavam em aberto.

 

O comunicado adverte que os músicos que participarem das audições poderão tomar o lugar de colegas "demitidos incorretamente".

 

O texto também convoca todos os sindicatos ligados à federação a ajudarem o Sindicato dos Músicos do Rio na divulgação deste pedido. As audições da OSB estão marcadas para os dias 16 a 18 de maio, em Nova York, 20 a 23, em Londres, e 25 a 28, no Rio. As vagas são para violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, oboé, piano, clarineta, fagote, trompa, trompete e trombone.

 

Procurada pela Folha, a direção da OSB informou apenas que já está entrando em contato com a Federação Internacional dos Músicos. No sábado, em mais um capítulo da batalha, 36 músicos demitidos fizeram um concerto de protesto na Escola de Música da UFRJ, no Rio.

 

Vestindo camisetas com a inscrição "SOS Orquestra Sinfônica Brasileira", os músicos foram regidos pelo maestro Osvaldo Colarusso e tocaram para um público de 600 pessoas, acompanhados pela solista Cristina Ortiz, que se recusou a tocar com a orquestra oficial em abril.

 

Em 26 de abril, a Fundação OSB deu por encerrada a negociação com os instrumentistas demitidos, depois que eles não responderam à proposta do conselho da orquestra de reintegrá-los mediante a uma avaliação de desempenho com regras mais brandas.

 

Eles não abrem mão da exigência de afastamento do maestro Roberto Minczuk. No evento de sábado, os músicos admitiram pela primeira vez a possibilidade de criar uma orquestra dissidente.

 

FOTO:


Crédito: Rafael Andrade/Folhapress

Legenda: Músico durante concerto-protesto pelas demissões da OSB

Compartilhe este artigo:

 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO