Orquestra Juvenil

Orquestra Juvenil

Institucional >> Conjunto Estáveis

Em funcionamento desde 1995...

A Orquestra Juvenil da UFRJ foi criada pelo maestro André…

More...
Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Institucional >> Conjunto Estáveis

Criada em 1924 é a mais antiga orquestra do Rio de Janeiro...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Coro Sinfônico da UFRJ

Coro Sinfônico da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado às grandes obras corais sinfônicas de todos os tempos...

Coro Sinfônico da UFRJ é…

More...
Biblioteca Alberto Nepomuceno

Biblioteca Alberto Nepomuceno

Institucional >> Biblioteca

Capítulo importante da música no País

A história da Biblioteca Alberto Nepomuceno é, com certeza, capítulo importante da própria história da música no Brasil. Francisco Manuel da…

More...
Brasil Ensemble - UFRJ

Brasil Ensemble - UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Mais de uma década se apresentando em importantes salas de concertos...

Criado em outubro de 1999, o conjunto vocal Brasil…

More...
Orquestra de Sopros

Orquestra de Sopros

Institucional >> Conjunto Estáveis

Formada por alunos da disciplina Prática de Orquestra...

Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Cras aliquam, ante quis convallis semper, nunc…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Escola de Música na Imprensa Dom Quixote na Escola de Música
Dom Quixote na Escola de Música PDF Imprimir E-mail
Veículo: Olhar Virtual   
Seg, 07 de Fevereiro de 2011

Leia aqui matéria publicada na edição 327, oito de fevereiro de 2011, do Olhar Virtual, boletim eletrônico da CordCOM/UFRJ, sobre a montagem da ópera Dom Quixote nas bodas de Camacho, do compositoralemão George Philipp Telemann (1681-1767).

 

Dom Quixote na Escola de Música 

Elisa Ferreira

 

Ilustração: Flávio de Marchi
tira_zoom-donquixote

A primeira ópera a ser montada em 2011 na Escola de Música (EM/UFRJ) será Dom Quixote nas bodas de Camacho, do compositor barroco alemão George Philipp Telemann (1681-1767). A iniciativa faz parte do projeto de extensão “Ópera na UFRJ”, criado em 1994 e que a cada ano propõe um ou mais espetáculos de ópera com a finalidade de formação profissional para alunos da EM, Escola de Belas Artes (EBA) e Escola de Comunicação (ECO) através dos cursos de música, cenografia e indumentária e direção teatral.

 

As inscrições para as audições de alunos da Escola de Música  terminam no próximo dia 28 de fevereiro. No dia da audição, em março, os inscritos encenarão trechos escolhidos da ópera. Os ensaios começam logo em seguida, primeiro com a parte musical e depois com ensaios cênicos. “A importância deles é fundamental, pois é uma chance única de aprenderem a fazer ópera, com todas as dificuldades inerentes ao gênero, durante o período de estudos. A Escola de Música é uma das pouquíssimas instituições federais de ensino de música no Brasil com projetos desse tipo para os alunos”, afirma Marcelo Fagerlande, diretor musical da montagem.

O objetivo do projeto é proporcionar aos alunos a experiência de cantar em uma ópera, além oferecer à comunidade carioca a apresentação de mais um título operístico.

 

A montagem contará com a presença da Orquestra Sinfônica da UFRJ. Para a realização do acompanhamento harmônico, serão utilizados dois cravos e uma tiorba. Ainda segundo Marcelo Fagerlande, “ópera é algo bastante complicado, por se tratar de um gênero que une música, cena, dança, tudo feito ao vivo, com cantores, orquestra. O perfeito funcionamento de toda esta engrenagem exige muitos ensaios e muita dedicação”.

 

Para os interessados, o acesso à partitura estará disponível na Escola de Música. “Para mim, é um grande prazer ser diretor musical desta montagem, pelos resultados positivos que certamente trazem ao corpo discente, e também à comunidade, pela oportunidade de ver levada à cena uma opera desconhecida aqui”, finaliza Marcelo Fagerlande.

 

Custos

 

A diretoria da EM/UFRJ ainda realizará uma reunião de produção para elaborar o orçamento desse projeto. Entretanto, os maiores gastos, já confirmados pela diretoria, serão com cenários, figurinos, iluminação e impressos.

 

A apresentação

 

O espetáculo será realizado como uma produção de ópera tradicional, ou seja, com cantores, músicos da orquestra tocando no fosso, cenários e figurinos. Entretanto, tudo será elaborado pelos estudantes e coordenado por um professor de cada área.

 

O evento acontecerá no final do mês de abril, com quatro apresentações no Salão Leopoldo Miguez, na própria Escola de Música. Entretanto o objetivo é levá-la a outros espaços, incluindo à Cidade Universitária da UFRJ.

Compartilhe este artigo:

 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO