Brasil Ensemble - UFRJ

Brasil Ensemble - UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Mais de uma década se apresentando em importantes salas de concertos...

Criado em outubro de 1999, o conjunto vocal Brasil…

More...
Selo Fonográfico UFRJ/Música

Selo Fonográfico UFRJ/Música

Institucional >> Publicações

Conheça a produção fonográfica da Escola de Música

A produção fonográfica da Escola de Música remonta à época do LP quando a Orquestra Sinfônica gravou a Abertura em…

More...
Trio UFRJ

Trio UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Grande abrangência de repertório e atuação...

Reconhecendo afinidades de concepções musicais e técnicas,…

More...
Biblioteca Alberto Nepomuceno

Biblioteca Alberto Nepomuceno

Institucional >> Biblioteca

Capítulo importante da música no País

A história da Biblioteca Alberto Nepomuceno é, com certeza, capítulo importante da própria história da música no Brasil. Francisco Manuel da…

More...
UFRJazz Ensemble

UFRJazz Ensemble

Institucional >> Conjunto Estáveis

Música instrumental brasileira, jazz contemporâneo e música de concerto...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Série Talentos UFRJ

Série Talentos UFRJ

Institucional >> Séries Temáticas

Divulgando a pluralidade da produção artística da Escola de Música

Foi criada em…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Notícias Gerais Diversidade cultural marca Música no Palácio
Diversidade cultural marca Música no Palácio PDF Imprimir E-mail
Escrito por Meri Toledo Fraga   
Ter, 01 de Maio de 2018 00:00

A Série Música no Palácio, resultado da parceria firmada entre o Museu da Justiça, o Centro Cultural do Poder Judiciário - CCMJ e a Escola de Música da UFRJ, tem como datas de abertura e encerramento da temporada de 2018, os dias 8 de maio de 2018 e 29 de janeiro de 2019.

 

  Foto: Ana Liao
  Ensaios da montagem
 

Na abertura, o concerto de Saulo Laucas acompanhado por outro grande talento, Felipe Nain, tem por título La Bella Canzione Italiana. E no encerramento da temporada, Giulio Draghi, considerado pela crítica especializada um dos mais brilhantes pianistas contemporâneo, interpretará peças de Mussorgski e de Busoni.

 

A parceria entre as citadas instituições é representada na Escola de Música pelo Diretor do Setor Artístico e, por esta razão, a curadoria da série já esteve a cargo dos professores Eduardo Biato e João Vidal, e, desde o ano de 2015 é de responsabilidade do professor Marcelo Jardim.

 

Os concertos da Série Música no Palácio são realizados às terças-feiras, de 15 em 15 dias de cada mês, sempre no horário das 19:00h. A exceção ocorre apenas nos concertos das Jornadas do Programa de Pós-Graduação Profissional em Música - PROMUS, que se iniciam às 14h e terminam às 21h.

 

Esclareceu Marcelo Jardim que essa série contempla propostas de professores, músicos e estudantes que estejam alicerçadas em projetos de importância acadêmica, sejam elas oriundas da Escola de Música da UFRJ, de outras universidades como a UFF e UNIRIO ou de instituições e instâncias culturais, tais como a Academia Brasileira de Música - ABM e Orquestra Sinfônica Nacional - OSN.

 

O planejamento de cada temporada é de competência de seu curador, Marcelo Jardim, que junto a Silvia Monte, Diretora do Centro Cultural do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, avaliam a disponibilidade dos recursos financeiros necessários à infra-estrutura e viabilização de cada uma delas.

 

O perfil de cada temporada, que invariavelmente abarca a diversidade musical representada nos concertos de música popular e música de concerto, tanto pode ser estruturado em razão de um tema, como foi o dos compositores do Rio de Janeiro, como pode igualmente também estar relacionado a algum tipo de evento de repercussão internacional, tal qual aconteceu na Copa Mundial de Futebol, quando foram realizados concertos com obras de compositores nascidos em cidades que sediaram jogos.

 

Ainda em acordo a Marcelo Jardim, os perfis das temporadas podem também, em parte, serem moldados a partir do apoio que as instituições envolvidas com a curadoria e produção da Série Música no Palácio concedem a congressos, seminários e festivais. Exatamente como ocorrerá, na temporada de 2018, com o Festival de Cordofones.

 

Da mesma forma, podem ser elaborados em acordo às homenagens prestadas à eminentes figuras do universo musical e instituições culturais. Ilustra esta afirmativa, na temporada de 2018, a Soirée Debussy, com o consagrado pianista Luís Senise e convidados, em homenagem ao centenário de morte deste compositor, e também o concerto de Simone Santos e convidados, em homenagem aos 120 anos de nascimento do criador do Método Suzuki, Shinichi Suzuki.

 

Mas por considerar que a opção por um tema instala a possibilidade de limitar a realização de um número significativo de propostas que aportam no Setor Artístico da Escola de Música da UFRJ, Marcelo Jardim informou que, desde 2017, as temporadas das séries têm se distanciado de temas. Assim é que, nesta temporada de 2018, seus 21 concertos se encontram inseridos nos mais diferentes critérios e, como não poderia deixar de ser, nos mais diferentes gêneros musicais.

 

Nesta temporada de 2018, além dos já citados concertos de docentes e alunos da Escola de Música, estão agendadas as apresentações de outros docentes e alunos que compõem: o Duo Imago Mundi, o Grupo Terra Brasilis, o Quinteto Experimental da Escola de Música da UFRJ, o Grupo CRON, os que farão parte das Jornadas III e IV do PROMUS, o Duo Barroqueando e os do concerto intitulado Cinema Cantado.

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Qua, 16 de Maio de 2018 17:05
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2018 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO