Galeria de Imagens

Galeria de Imagens

Fotos e imagens dos eventos da Escola de Música...

More...
Conjunto Sacra Vox

Conjunto Sacra Vox

Institucional >> Conjunto Estáveis

Desde 1998 divulgando o repertório sacro de todos os tempos...

O conjunto vocal de câmara Sacra Vox foi fundado…

More...
Série Talentos UFRJ

Série Talentos UFRJ

Institucional >> Séries Temáticas

Divulgando a pluralidade da produção artística da Escola de Música

Foi criada em…

More...
Violões da UFRJ

Violões da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado ao violão brasieliro...

Formado em 2003 a partir…

More...
Biblioteca Alberto Nepomuceno

Biblioteca Alberto Nepomuceno

Institucional >> Biblioteca

Capítulo importante da música no País

A história da Biblioteca Alberto Nepomuceno é, com certeza, capítulo importante da própria história da música no Brasil. Francisco Manuel da…

More...
UFRJazz Ensemble

UFRJazz Ensemble

Institucional >> Conjunto Estáveis

Música instrumental brasileira, jazz contemporâneo e música de concerto...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Notícias Destaques Jornadas debatem africanias
Jornadas debatem africanias PDF Imprimir E-mail
Escrito por Francisco Conte   
Ter, 14 de Novembro de 2017 09:07

Iniciativa da professora e pesquisadora Andrea Adour e com apoio do Programa de Pós-Graduação em Música da Escola de Música (PPGM), acontece dias 21, 22 e 23 de novembro a primeira edição das Jornadas Africanias da UFRJ. Com extensa programação, o evento reúne recitais e palestras no Prédio I da Escola de Música (Sala da Congregação e Salão Leopoldo Miguez) e no Prédio III (Edifício Ventura).

 

Andrea coordena o Grupo de Pesquisas Africanias, ligado ao PPGM, que propõe a compreensão da presença africana nos diferentes gêneros da música brasileira, através do estudo sistemático, contando com a participação de pesquisadores de diferentes áreas e instituições.

logo-jornada-africaniasA escolha do termo foi inspirada no trabalho da etnolinguista Yeda Pessoa de Castro, professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Para Castro, que desenvolveu uma série de pesquisas sobre a participação da cultura africana na constituição no português falado no País, "podemos entender marcas de africanias como a bagagem cultural submergida no inconsciente iconográfico do contingente humano negro-africano entrado no Brasil em escravidão, que se faz perceptível na língua, na música, na dança, na religiosidade, no modo de ser e de ver o mundo".

A programação, que pode ser consultada em detalhes no final da matéria, destaca a conferência da professora, poeta, ensaísta e dramaturga Leda Martins (UFMG), além de mesas redondas e outras atividades. Inbteressados devem se inscrever atrvés de formulário online
Na parte musical do evento, homenagem do grupo Sodade Brasilis, criado pelo professor da EM Sérgio Alvares, a Pixinguinha; e recitas que realçam as africanias ds obras de Mignone, Lorenzo Fernandez e Waldemar Henrique.

O Coral Brasil Ensemble também marcará presença. Sob regência de Maria José Chevitarese, executa obras de Marlos Nobre, Francisco Mignone e Liduíno Pitombeira.

 

SERVIÇO

Escola de Música. Prédio I, Rua do Passeio, 98, Lapa - Rio de Janeiro - RJ. CEP: 20.021-290. Edifício Ventura Corporate Towers, Avenida República do Chile, 330, 21º andar, Torre Leste; CEP 20031-170

 

I Jornada Africanias UFRJ
Escola de Música UFRJ
Dias, 21, 22 e 23 de novembro.

Dia 21

Prédio Ventura – Av. Chile 330, 21. Andar
Sala 2116

9:30 – Abertura.
10:00– Conferência: O tempo espiralar – Profa. Dra. Leda Martins
11:30 – Mesa temática: O Tempo – Pauxy Nunes, Katiuscia Ribeiro. Andrea Adour (mediadora)
12:30 – GT: Projetos ITAB - Andrea Adour (Africanias), Leda Martins (Cantares)
13:00 – Almoço

Prédio 1 – Rua do Passeio, 98
Sala da Congregação

14:00 – Sodade Brasilis – Prof. Sérgio Alvares
15:00 – Duo Pretas – Sulamita Lages (piano) e Ana Lia Alves (voz)
16:00 – Africanias com e Compositores : Felipe Matos. "Jongos #2 – Dual". Intérpretes: Matheus Martins (clarinete) e Viviane Sobral (piano). Vídeo comentado: "M´ukulu". Intérpretes: Sacravox – Valéria Matos (regente) e Renato Mendonça (dança. )Eduardo Cameniezki: "Cantos Proverbiais Africanos". Intérpretes: Duo Adour. "Pomba Gira". Intérpretes: Quinteto de sopros, organização Prof. Albert Katar, soprano, Yasmini Vargas.
17:00– Café
17:30 – Eduardo Lira (percussão)
18:00 - Recital Palestra - Africanias em Babi de Oliveira (Alunos da UFRJ e da FAETEC). Orientação: Andrea Adour e Jonas Maia.
19:00 – Africanias com Brasil Ensemble. Regente: Maria José Chevitarese.

 

Dia 22


Prédio Ventura – Av. Chile 330, 21. Andar
Sala 2116

9:30 – Grupo Africanias (GT) (Antonilde Pires, Daniel Salgado, Jonas Maia, Ana Daniela Rufino, Ivette e Vitor Abalada)
11:00 – Mesa temática: Língua e Memória – Regina Meirelles, Babalawo Sandro Fatorere, Andrea Adour (mediadora)
12:00 – GT: Africanias no PPGM, PROMUS e na Extensão– Alberto Pacheco (Caravelas), Veruschka Mainhard (PROMUS), Maria Alice (Novas Musicologias) e Andrea Adour (Caravelas, APHECAB e Africanias)
13:00 – Almoço.

Sala da Congregação

14:00 – Africanias em Francisco Mignone. Silas Barbosa (piano) e Nathalia Trigo (soprano)
!4:30 – Africanias e Lorenzo Fernandes. Silas Barbosa (piano) e Veruchka Mainhard (soprano)
15:00 – Africanias na América Latina. Ronal Silveira (piano)
16:00 – Alberto Pacheco (tenor - UFRJ) e Nícolas de Souza Barros (guitarra romântica e arranjos – UNI-RIO)
17:00 – Mussambê: Mariana Bernardes (voz e violão), Rita Gama (voz e percussão), Tina Werneck (voz e violino) e Beth Marques(voz e percussão)
17:30 – Café
18:00 – Africanias em Waldemar Henrique. Viviane Sobral (piano) e Marcelo Coutinho (barítono).

Salão Leopoldo Miguez

19:00 – Afoxé Ómó Ifá

Dia 23

14 horas: Vissungo - Spirito Santo
15 horas: Conversa plenária: Música, Religião e Universidade
Mediação: Profs. Samuel Araujo e Freaderico Barros, Escola de Música da UFRJ
Convidadas/os:
- Prof.a. Dra. Valeria Mattos, Escola de Música da UFRJ
- Alunas/alunos de canto coral
- Ialorixá Paula de Odé, Afoxé
- Pastor Isaías Campos dos Santos, Igreja Batista
- Lucas Assis, Grupo de Pesquisas em em Etnomusicologia Dona Ivone Lara
- Caio Mendes Muniz, Grupo Malungo
Organização: Laboratório de Etnomusicologia, Grupo de Pesquisas Africanias, Programa de Pos-Graduação em Música e Centro Acadêmico da Escola de Música (CAEM).

FOCO

As relações entre música e diferentes formas de religiosidade no tempo e no espaço têm sido intensas e mutuamente enriquecedoras, gerando formas de musicalidade e repertórios que contribuem significativamente à formação de musicistas e da cidadania nas mais diversas sociedades, e em particular, nas instituições universitárias. Nestas, e notoriamente nas universidades públicas, a convivência entre músicas, culturas e religiosidades têm proporcionado oportunidades de diálogo e compreensão recíprocas quer através do ensino e da pesquisa, quanto da performance.

No entanto, há evidência de que haja divergência quanto à pertinência de tal diversidade à formação universitária, o que gera questionamentos, quando não ações polêmicas, que requerem espaço para debate púbico, razão de ser desta conversa plenária.

DINÂMICA

Mediadores e pessoas convidadas abrirão a conversa com falas rápidas (em torno de 5 minutos), seguindo-se o debate com todas e todos presentes.

 

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Sex, 17 de Novembro de 2017 20:18
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2018 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO