Violões da UFRJ

Violões da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado ao violão brasieliro...

Formado em 2003 a partir…

More...
Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Institucional >> Conjunto Estáveis

Criada em 1924 é a mais antiga orquestra do Rio de Janeiro...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Orquestra Juvenil

Orquestra Juvenil

Institucional >> Conjunto Estáveis

Em funcionamento desde 1995...

A Orquestra Juvenil da UFRJ foi criada pelo maestro André…

More...
Orquestra de Sopros

Orquestra de Sopros

Institucional >> Conjunto Estáveis

Formada por alunos da disciplina Prática de Orquestra...

Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Cras aliquam, ante quis convallis semper, nunc…

More...
Série Talentos UFRJ

Série Talentos UFRJ

Institucional >> Séries Temáticas

Divulgando a pluralidade da produção artística da Escola de Música

Foi criada em…

More...
Biblioteca Alberto Nepomuceno

Biblioteca Alberto Nepomuceno

Institucional >> Biblioteca

Capítulo importante da música no País

A história da Biblioteca Alberto Nepomuceno é, com certeza, capítulo importante da própria história da música no Brasil. Francisco Manuel da…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Notícias Destaques Jornadas debatem africanias
Jornadas debatem africanias PDF Imprimir E-mail
Escrito por Francisco Conte   
Ter, 14 de Novembro de 2017 09:07

Iniciativa da professora e pesquisadora Andrea Adour e com apoio do Programa de Pós-Graduação em Música da Escola de Música (PPGM), acontece dias 21, 22 e 23 de novembro a primeira edição das Jornadas Africanias da UFRJ. Com extensa programação, o evento reúne recitais e palestras no Prédio I da Escola de Música (Sala da Congregação e Salão Leopoldo Miguez) e no Prédio III (Edifício Ventura).

 

Andrea coordena o Grupo de Pesquisas Africanias, ligado ao PPGM, que propõe a compreensão da presença africana nos diferentes gêneros da música brasileira, através do estudo sistemático, contando com a participação de pesquisadores de diferentes áreas e instituições.

logo-jornada-africaniasA escolha do termo foi inspirada no trabalho da etnolinguista Yeda Pessoa de Castro, professora da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Para Castro, que desenvolveu uma série de pesquisas sobre a participação da cultura africana na constituição no português falado no País, "podemos entender marcas de africanias como a bagagem cultural submergida no inconsciente iconográfico do contingente humano negro-africano entrado no Brasil em escravidão, que se faz perceptível na língua, na música, na dança, na religiosidade, no modo de ser e de ver o mundo".

A programação, que pode ser consultada em detalhes no final da matéria, destaca a conferência da professora, poeta, ensaísta e dramaturga Leda Martins (UFMG), além de mesas redondas e outras atividades. Inbteressados devem se inscrever atrvés de formulário online
Na parte musical do evento, homenagem do grupo Sodade Brasilis, criado pelo professor da EM Sérgio Alvares, a Pixinguinha; e recitas que realçam as africanias ds obras de Mignone, Lorenzo Fernandez e Waldemar Henrique.

O Coral Brasil Ensemble também marcará presença. Sob regência de Maria José Chevitarese, executa obras de Marlos Nobre, Francisco Mignone e Liduíno Pitombeira.

 

SERVIÇO

Escola de Música. Prédio I, Rua do Passeio, 98, Lapa - Rio de Janeiro - RJ. CEP: 20.021-290. Edifício Ventura Corporate Towers, Avenida República do Chile, 330, 21º andar, Torre Leste; CEP 20031-170

 

I Jornada Africanias UFRJ
Escola de Música UFRJ
Dias, 21, 22 e 23 de novembro.

Dia 21

Prédio Ventura – Av. Chile 330, 21. Andar
Sala 2116

9:30 – Abertura.
10:00– Conferência: O tempo espiralar – Profa. Dra. Leda Martins
11:30 – Mesa temática: O Tempo – Pauxy Nunes, Katiuscia Ribeiro. Andrea Adour (mediadora)
12:30 – GT: Projetos ITAB - Andrea Adour (Africanias), Leda Martins (Cantares)
13:00 – Almoço

Prédio 1 – Rua do Passeio, 98
Sala da Congregação

14:00 – Sodade Brasilis – Prof. Sérgio Alvares
15:00 – Duo Pretas – Sulamita Lages (piano) e Ana Lia Alves (voz)
16:00 – Africanias com e Compositores : Felipe Matos. "Jongos #2 – Dual". Intérpretes: Matheus Martins (clarinete) e Viviane Sobral (piano). Vídeo comentado: "M´ukulu". Intérpretes: Sacravox – Valéria Matos (regente) e Renato Mendonça (dança. )Eduardo Cameniezki: "Cantos Proverbiais Africanos". Intérpretes: Duo Adour. "Pomba Gira". Intérpretes: Quinteto de sopros, organização Prof. Albert Katar, soprano, Yasmini Vargas.
17:00– Café
17:30 – Eduardo Lira (percussão)
18:00 - Recital Palestra - Africanias em Babi de Oliveira (Alunos da UFRJ e da FAETEC). Orientação: Andrea Adour e Jonas Maia.
19:00 – Africanias com Brasil Ensemble. Regente: Maria José Chevitarese.

 

Dia 22


Prédio Ventura – Av. Chile 330, 21. Andar
Sala 2116

9:30 – Grupo Africanias (GT) (Antonilde Pires, Daniel Salgado, Jonas Maia, Ana Daniela Rufino, Ivette e Vitor Abalada)
11:00 – Mesa temática: Língua e Memória – Regina Meirelles, Babalawo Sandro Fatorere, Andrea Adour (mediadora)
12:00 – GT: Africanias no PPGM, PROMUS e na Extensão– Alberto Pacheco (Caravelas), Veruschka Mainhard (PROMUS), Maria Alice (Novas Musicologias) e Andrea Adour (Caravelas, APHECAB e Africanias)
13:00 – Almoço.

Sala da Congregação

14:00 – Africanias em Francisco Mignone. Silas Barbosa (piano) e Nathalia Trigo (soprano)
!4:30 – Africanias e Lorenzo Fernandes. Silas Barbosa (piano) e Veruchka Mainhard (soprano)
15:00 – Africanias na América Latina. Ronal Silveira (piano)
16:00 – Alberto Pacheco (tenor - UFRJ) e Nícolas de Souza Barros (guitarra romântica e arranjos – UNI-RIO)
17:00 – Mussambê: Mariana Bernardes (voz e violão), Rita Gama (voz e percussão), Tina Werneck (voz e violino) e Beth Marques(voz e percussão)
17:30 – Café
18:00 – Africanias em Waldemar Henrique. Viviane Sobral (piano) e Marcelo Coutinho (barítono).

Salão Leopoldo Miguez

19:00 – Afoxé Ómó Ifá

Dia 23

14 horas: Vissungo - Spirito Santo
15 horas: Conversa plenária: Música, Religião e Universidade
Mediação: Profs. Samuel Araujo e Freaderico Barros, Escola de Música da UFRJ
Convidadas/os:
- Prof.a. Dra. Valeria Mattos, Escola de Música da UFRJ
- Alunas/alunos de canto coral
- Ialorixá Paula de Odé, Afoxé
- Pastor Isaías Campos dos Santos, Igreja Batista
- Lucas Assis, Grupo de Pesquisas em em Etnomusicologia Dona Ivone Lara
- Caio Mendes Muniz, Grupo Malungo
Organização: Laboratório de Etnomusicologia, Grupo de Pesquisas Africanias, Programa de Pos-Graduação em Música e Centro Acadêmico da Escola de Música (CAEM).

FOCO

As relações entre música e diferentes formas de religiosidade no tempo e no espaço têm sido intensas e mutuamente enriquecedoras, gerando formas de musicalidade e repertórios que contribuem significativamente à formação de musicistas e da cidadania nas mais diversas sociedades, e em particular, nas instituições universitárias. Nestas, e notoriamente nas universidades públicas, a convivência entre músicas, culturas e religiosidades têm proporcionado oportunidades de diálogo e compreensão recíprocas quer através do ensino e da pesquisa, quanto da performance.

No entanto, há evidência de que haja divergência quanto à pertinência de tal diversidade à formação universitária, o que gera questionamentos, quando não ações polêmicas, que requerem espaço para debate púbico, razão de ser desta conversa plenária.

DINÂMICA

Mediadores e pessoas convidadas abrirão a conversa com falas rápidas (em torno de 5 minutos), seguindo-se o debate com todas e todos presentes.

 

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Sex, 17 de Novembro de 2017 20:18
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO