Brasil Ensemble - UFRJ

Brasil Ensemble - UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Mais de uma década se apresentando em importantes salas de concertos...

Criado em outubro de 1999, o conjunto vocal Brasil…

More...
Violões da UFRJ

Violões da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado ao violão brasieliro...

Formado em 2003 a partir…

More...
Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Institucional >> Conjunto Estáveis

Criada em 1924 é a mais antiga orquestra do Rio de Janeiro...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Selo Fonográfico UFRJ/Música

Selo Fonográfico UFRJ/Música

Institucional >> Publicações

Conheça a produção fonográfica da Escola de Música

A produção fonográfica da Escola de Música remonta à época do LP quando a Orquestra Sinfônica gravou a Abertura em…

More...
Concertos UFRJ

Concertos UFRJ

Toda segunda, às 22h, temos encontro marcado na FM 94,1

More...
Trio UFRJ

Trio UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Grande abrangência de repertório e atuação...

Reconhecendo afinidades de concepções musicais e técnicas,…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Outras notícias... OSUFRJ participa das celebrações dos 120 anos de amizade Brasil-Japão
OSUFRJ participa das celebrações dos 120 anos de amizade Brasil-Japão PDF Imprimir E-mail
Escrito por Francisco Conte   
Sáb, 10 de Outubro de 2015 16:25

Em 5 de novembro de 1895, o Ministro Plenipotenciário do Brasil na França, Gabriel de Toledo Piza e Almeida, e seu homólogo japonês, Arasuke Sone, firmaram, em Paris, o Tratado de Amizade, de Comércio e de Navegação entre as duas nações. Com o acordo, as relações diplomáticas entre Brasil e Japão se iniciaram formalmente.

Desde a assinatura do acordo os imigrantes japoneses no Brasil cresceram em número e hoje formam a maior sociedade nikkei do mundo, estimada em 1, 6 milhões de pessoas. Na contramão, calcula-se que mais de 200 mil brasileiros tenham optado por viver no Japão.

  Foto: Ana Liao
  osufrjfelipeprazeres
  Felipe Prazeres rege a OSUFRJ em um programa que contempla, além do concerto de Paganini, a Quinta Sinfonia de Beethoven.

 

Para comeorar os 120 anos de amizade Brasil-Japão, uma série de eventos nas áreas de economia, cultura e arte acontece, ao longo de 2015, nos dois países.

Com um concerto dia 21, quarta-feria, às 20h, na Sala Cecília Meireles, a Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ), sob regência de Felipe Prazeres, participa das celebrações. O destaque do prgrama é o jovem violonista japonês, naascido nos Estados Unidos, Ryu Goto que executa o dificílimo Concerto para violino nº 1, de Niccolò Paganini. Como complemento, o músico oferece dia 29, entre 9h e 12h, master class na Escola de Música.



Com uma vasta e crescente audiência na Ásia, América do Norte e Europa, Ryu Goto, que iniciou a carreira aos sete anos, já se apresentou como solista de importantes orquestras. Entre elas a Orquestra Sinfônica de Londres, a Orquestra de Câmara Orpheus, a Filarmônica de Xangai, a Orquestra Sinfônica Nacional dos EUA, a Orquestra Filarmónica de Londres, a Sifônica Toscanini da Itália, a Orquestra Sinfônica da Nova Zelândia, a Sinfônica de Bamberg, a Nova Orquestra Sinfônica da Bulgária, a Orquestra da Juventude da União Europeia, a Orquestra Sinfônica de Vancouver e a Orquestra Filarmónica KZN, da África do Sul. Ryu tem se destacados em salas de concertos de prestígio, como o Carnegie Hall, o Kennedy Center, o Tokyo Suntory Hall, a Sydney Opera House, o Grande Teatro de Xangai, o Taipei National Concert Hall, o Vienna Musikverein, o Munich's Herkulessaal e o Philharmonic Hall Gasteig.


O regente


Felipe Prazeres é um violinista que vem se dedicando à regência nos últimos anos. Prazeres iniciou seus estudos aos onze anos e , aos quatorze, já atuava como solista frente à Orquestra Petrobras Sinfônica. Graduo-se na Uni-Rio, sob orientação de Paulo Bosisio. Cursou pós graduação na renomada Academia de Santa Cecilia, em Roma, na classe de Domenico Nordio. Obteve o primeiro lugar no Concurso Nacional de Cordas de Juiz de Fora, em 1997, no Concurso Interno da Uni-Rio, em 1998, e no Concurso Nacional de Música IBEU, em 1999.

Atuou como solista ao lado das principais orquestras do Brasil, dentre as quais merecem destaque a Opes, OSB, OSPA, OSBA, OFES e ORSEM. Colaborou com renomados maestros, como Isaac Karabtchevsky, Armando Prazeres, Carlos Prazeres, Roberto Tibiriçá, André Cardoso, Silvio Barbato, Ernani Aguiar, dentre outros. Participou de master classes, como executante, com Augustin Dumay, Camila Wicks, Pierre Amoyal, Domenico Nordio, Boris Belkin, Ole Bohn, dentre outros artistas de prestígio. Participa ativamente do cenário brasileiro e internacional de música, tanto como solista quanto camerista. Há 9 anos também ministra aulas no festival Cinves em Juiz de Fora. Desde 2001, atua como spalla da Orquestra Petrobras Sinfônica e recentemente exerce também as funções de maestro assistente de Isaac karabtchevsky e Regente da Academia Juvenil da Opes.


Na função de regente, já esteve a frente de orquestras como a World youth Symphony na Itália, Opes, OSBA e ORSEM.

estrela SERVIÇO
A Sala Cecília Meireles fica no Largo da Lapa, 47, Centro. E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. . Telefones: (21) 2332-9223 e (21) 2332-9224. Ingressos a R$ 40.

 Programa

Niccolò Paganini (1782-1840)
Concerto para violino nº 1 em Ré maior, Op. 6
Allegro maestoso – Tempo giusto
Adagio
Rondo. Allegro spirituoso – Un poco più presto


Ludwig van Beethoven
Sinfonia nº 5, Op. 67
Allegro con brio
Andante con moto
Scherzo: Allegro
Allegro

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Ter, 20 de Outubro de 2015 22:52
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO