Os Concertos Virtuais UFRJ estão no ar

Os Concertos Virtuais UFRJ estão no ar

Notícias >> Arquivo

Lançamento dia 13 de dezembro da experiência piloto...

Foto: Marco Fernandes/CoordCOM…

More...
Orquestra de Sopros

Orquestra de Sopros

Institucional >> Conjunto Estáveis

Formada por alunos da disciplina Prática de Orquestra...

Class aptent taciti sociosqu ad litora torquent per conubia nostra, per inceptos himenaeos. Cras aliquam, ante quis convallis semper, nunc…

More...
Selo Fonográfico UFRJ/Música

Selo Fonográfico UFRJ/Música

Institucional >> Publicações

Conheça a produção fonográfica da Escola de Música

A produção fonográfica da Escola de Música remonta à época do LP quando a Orquestra Sinfônica gravou a Abertura em…

More...
Trio UFRJ

Trio UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Grande abrangência de repertório e atuação...

Reconhecendo afinidades de concepções musicais e técnicas,…

More...
Orquestra Juvenil

Orquestra Juvenil

Institucional >> Conjunto Estáveis

Em funcionamento desde 1995...

A Orquestra Juvenil da UFRJ foi criada pelo maestro André…

More...
Galeria de Imagens

Galeria de Imagens

Fotos e imagens dos eventos da Escola de Música...

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Concertos UFRJ Concertos UFRJ: Música Brasileira para Violino e Cordas
Concertos UFRJ: Música Brasileira para Violino e Cordas PDF Imprimir E-mail
Escrito por SeTCOM   
Ter, 28 de Maio de 2013 02:57

Concertos UFRJ, programa radiofônico resultado de uma parceria da Escola de Música com a rádio Roquette Pinto, apresentam esta semana o mais recente CD da Camerata Filarmônica de Goiás. Intitulado Música Brasileira para Violino e Cordas do séc. XXI reúne um conjunto significativo da produção contemporânea brasileira para a formação.

podcast

Ouça aqui o programa: 

Toda segunda-feira, às 22h, tem "Concertos UFRJ" na Roquette Pinto FM. Sintonize 94,1 ou acompanhe pela internet!

Programas anteriores podem ser encontrados na seção Concertos UFRJ.

 

A Camerata tem como diretor artístico o violista Alessandro Borgomanero, responsável também pelos solos do álbum. Fundada em 2012, pôde se estruturar com base em leis regionais de incentivo artístico e cultural, que possibilitaram a captação de recursos na iniciativa pública por meio de dedução de impostos. Parcerias com a Universidade Federal de Goiás (UFG), à qual Borgomanero está ligado, fizeram o resto. A UFG cedeu local para ensaios e para as gravações do grupo.

 

Os interessados podem conhecer um pouco mais da experiência e baixar as faixas do CD em formato MP3 a partir do site do grupo.

 

Ao todo são cinco peças de quatro compositores brasileiros que apresentam uma panorama da produção contemporânea para violino e cordas. Duas, a “Serenata Noturna”, escrita em 2001, e “Vocalize”, de 2005, são de Henrique de Curitiba (1934-2008), pseudônimo do compositor de origem polonesa Zbigniew Henrique Morozowicz. Já “Katabasis”, Concerto para Violino e Orquestra, é de autoria de Jaime Zenamom (1953), compositor brasileiro naturalizado, nascido em La Paz, na Bolívia, hoje radicado em Curitiba; e “Cantigantiga”, do goiano Estércio Marquez Cunha (1941).

 

Curiosamente a peça que encerra o álbum, “Modinha Imperial para orquestra de cordas” de Francisco Mignone, não foi escrita neste início de século XXI. A sua inclusão sugere caminhos que trilhará a geração seguinte, com sua dedicação a orquestra de cordas.

 

Cabe mencionar que o violino vive um momento de prestígio entre nós com com reflexos sobre seus colegas de arco. O  CD da Camerata Filarmônica de Goiás é uma bom exemplo desse interesse renovado.

 

***

 

O programa radiofônico Concertos UFRJ vai ao ar toda segunda-feira, às 22h, na sintonia 94.1 FM. Apresentado por André Cardoso, regente titular da OSUFRJ, as edições podem ser acompanhadas on line ou por meio do podcast (áudio sob demanda) da Roquette Pinto (FM 94,1).

 

Contatos através do endereço eletrônico: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

 

 

cameratagoiascd

 

Ficha Técnica do CD

Alessandro Borgomanero – direção artística, violino solo

Camerata Filarmônica de Goiás

 

Programa

Henrique de Curitiba – Serenata Noturna (2001) para pequena orquestra de cordas

1 Cortejo

2 Serenata

3 Valsa

4 Final Giocoso

 

Jaime Zenamon – “Katabasis” Concerto para violino e orquestra op. 131 (2008)

5 Cadenza – Impetuoso – Tranquilo

6 Piú Mosso

 

7 Estercio Marques Cunha – “Cantigantiga” para violino e cordas (2011)

 

8 Henrique de Curitiba – “Vocalize” para violino e cordas (2005)

 

9 Francisco Mignone – Modinha Imperial para orquestra de cordas

 

Faixas 5 a 8 – primeira gravação mundial

 

Gravação realizada entre os dias 6 e 8 de março de 2011 no auditório da Escola de Música e Artes Cênicas da UFG

 

Camerata Filarmônica de Goiás

Direção Artística e Violino SolistaAlessandro Borgomanero

 

Violino I

Luciano Pontes

Lílian Raiol

Thiago Cavalcanti

Cindy Folly

 

Violino II

Marcos Bastos

William Isaac

Rennan Vicente da Silva

 

Viola

Emerson de Biaggi

Jairo Diniz

 

Violoncelo

David Gardner

Moisés Ferreira

 

Contrabaixo

Lybomir Popov

 

Gerente da Orquestra – Anderson Marinho Assis

 

Engenheiro de Som – Ulrich Schneider (Alemanha)

Assistente de Gravação – Cauê Barcelos (GO)

 

Alessandro Borgomanero. Nascido em Roma, formou-se com o título de Mestre em 1992, na Escola Superior de Música Mozarteum, de Salzburg, na classe do violinista Ruggiero Ricci. Continuou seus estudos com renomados violinistas, como Boris Belkin (Accademia Chigiana, Siena), Salvatore Accardo (Cremona) e Rodolfo Bonucci (Santa Cecília, Roma).

 

Apresentou-se como solista frente a várias orquestras, tais como: Orquestra de Câmara de Budapeste; Salzburg Chamber Soloists; Philadelphia Virtuosi Orchestra; London Mozart Players; Virtuosos de Salzburgo; Orquestra de Câmara de Berlim; Orquestra Sinfonietta Salzburg; Bachiana Filarmônica; Orquestra Sinfônica de Vaasa (Finlândia) e com a grande maioria das orquestras sinfônicas do Brasil. Em 2002, realizou a primeira execução brasileira do Concerto nº 2 para violino de Schostakovich, em Curitiba. No ano de 2005, apresentou-se como solista com a Orquestra de Câmara do Kremlin, em Moscou (Rússia). Em 2009, fez a estreia mundial do concerto para violino e orquestra de Jaime Zenamon, com a Orquestra Sinfônica do Paraná. Em duo com violino e piano, como integrante do Quarteto Mozarteum, obteve elogios do público e da crítica especializada, em tournées em vários países. Participou com concertos em diversos festivais de música, como: Festival de Verão de Salzburg, com a cantora Jessye Norman; Festival de Música de Edimburgo, com integrantes das Orquestras Filarmônicas de Viena e de Berlim; Festival Mozart de Tóquio e no Festival de Inverno de Campos do Jordão. Ministrou ‘Master-class’ para violino na Escola Superior de Música de Viana (Portugal) e em quase todos os festivais de música do Brasil.


Gravou vários CDs, por selos como Kreuzberg Records (Alemanha), Nami Records (Japão) e Classic Sound (Áustria). A sua discografia inclui dois CDs, gravados com o Mozarteum Quartett, com quartetos e quintetos de Mozart; um CD de violino e violão e outro CD com peças virtuosísticas para violino e piano. Em 2011, gravou um CD com obras inéditas de compositores brasileiros para violino e cordas, como solista e diretor artístico da Camerata Filarmônica de Goiás.


Vive em Goiânia desde 1999, onde é professor de violino na Universidade Federal de Goiás. De 2003 a 2007, foi diretor artístico e regente titular da Orquestra de Câmara Goyazes, liderando-a em mais de 90 concertos por vários estados brasileiros. Em 2012, foi regente titular da Orquestra Filarmônica de Goiás.

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Qua, 29 de Maio de 2013 20:37
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO