Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Orquestra Sinfônica da UFRJ (OSUFRJ)

Institucional >> Conjunto Estáveis

Criada em 1924 é a mais antiga orquestra do Rio de Janeiro...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
UFRJazz Ensemble

UFRJazz Ensemble

Institucional >> Conjunto Estáveis

Música instrumental brasileira, jazz contemporâneo e música de concerto...

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Quisque dui orci, faucibus non, semper sed, pulvinar quis, purus. Class aptent…

More...
Concertos UFRJ

Concertos UFRJ

Toda segunda, às 22h, temos encontro marcado na FM 94,1

More...
Selo Fonográfico UFRJ/Música

Selo Fonográfico UFRJ/Música

Institucional >> Publicações

Conheça a produção fonográfica da Escola de Música

A produção fonográfica da Escola de Música remonta à época do LP quando a Orquestra Sinfônica gravou a Abertura em…

More...
Violões da UFRJ

Violões da UFRJ

Institucional >> Conjunto Estáveis

Repertório dedicado ao violão brasieliro...

Formado em 2003 a partir…

More...
Biblioteca Alberto Nepomuceno

Biblioteca Alberto Nepomuceno

Institucional >> Biblioteca

Capítulo importante da música no País

A história da Biblioteca Alberto Nepomuceno é, com certeza, capítulo importante da própria história da música no Brasil. Francisco Manuel da…

More...
Frontpage Slideshow | Copyright © 2006-2010 JoomlaWorks, a business unit of Nuevvo Webware Ltd.
Início Concertos UFRJ Concertos UFRJ: Villa-Lobos
Concertos UFRJ: Villa-Lobos PDF Imprimir E-mail
Escrito por SeTCOM   
Ter, 13 de Novembro de 2012 01:23

Em tempos de Festival Villa-Lobos, que ocorre todos os anos no Rio no mês de novembro, Concertos UFRJ destacam duas obras importantes deste  compositor carioca que nasceu em 1887 e conquistou o mundo com uma obra original e que, ao mesmos tempo, reflete como poucas a enorme diversidade brasileira.

podcast

Ouça aqui o programa: 

Toda segunda-feira, às 22h, tem "Concertos UFRJ" na Roquette Pinto FM. Sintonize 94,1 ou acompanhe pela internet!

Programas anteriores podem ser encontrados na seção Concertos UFRJ.
     

Da obra monumental de Heitor Villa-Lobos (1887-1959), que abrange mais de mil títulos e inclui desde pequenas peças para instrumentos solo até gigantescos painéis corais, sinfônicas e óperas, se destacam duas séries: as Bachianas Brasileiras e os Choros.


As Bachianas, como o nome sugere, são tentativas de misturar características da música brasileira a procedimentos contrapontísticos típicos da obra de Johann Sebastian Bach, compositor a quem Villa-Lobos dedicava especial admiração. São nove peças para conjunto os mais variados – desde formações pequenas, como o duo para flauta e fagote da no 6, até a grande orquestra sinfônica da no 7, passando por aqueles de dimensões intermediárias que o próprio compositor estabeleceu, a exemplo da orquestra de violoncelos, na primeira e na quinta.

 

Particularmente brilhante, a Bachianas Brasileiras no 7 foi escrita em 1942 para orquestra sinfônica e os títulos ambivalentes dos quatro movimentos revelam o desejo de conciliação entre a música brasileira e a do mestre barroco. São eles: Prelúdio (Ponteio), Giga (Quadrilha Caipira), Toccata (Desafio) e Fuga (Conversa).

 

A gravação veiculada tem um charme especial, conta com o próprio Villa-Lobos a frente da Orquestra Sinfônica da Rádio de Berlim.

 

A série de Choros também abarca uma enorme variedade de formações instrumentais e vocais. Começa com o Choros no 1, para violão solo, e termina com o de no 12 que põem em cena uma grande orquestra sinfônica. Talvez seja essa a mais importante série composta por Villa-Lobos e marca algumas das mais ousadas propostas de sua linguagem musical.

 

O Choros no 6, composto em 1926 também para orquestra sinfônica, é um dos mais apreciados e executados em todo o mundo e nele podemos perceber as características da música urbana carioca, não só por seus procedimentos típicos mas também pelo uso inovador de determinados instrumentos de percussão que foram incorporados por Villa-Lobos ao conjunto sinfônico, como o tambu-tambi, a cuica e o tamborim de samba.

 

A gravação destacada pela edição é também especial. Foi realizada ao vivo no Theatro Municipal do Rio de Janeiro em 1986 durante turnê da Orquestra Sinfônica Mundial, dirigida na ocasião pelo maestro norte-americano Lorin Maazel.


* * *


Parceria da Escola de Música (EM) com a rádio Roquette Pinto, a série Concertos UFRJ conta com a produção e apresentação de André Cardoso, docente da EM, e vai ao ar toda segunda-feira, às 22h, na sintonia 94,1 FM. As edições do programa podem ser acompanhadas on line ou por meio do podcast, audio sob demanda, da rádio Roquette Pinto. Contatos através do endereço eletrônico: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

 

Compartilhe este artigo:

Última atualização em Ter, 13 de Novembro de 2012 11:52
 
Banner
Produção artística Séries Temáticas Conjuntos estáveis Espaços culturais Biblioteca Museu Laboratórios Publicações e CDs EM na Imprensa Sites de Música Galeria de Imagens Registro Autoral

Powered by JoomlaGadgets

© 2010-2017 Escola de Música - UFRJ
Site desenvolvido pelo Setor de Comunicação da EM/UFRJ
TOPO