170 ANOS FORMANDO MÚSICOS DE EXCELÊNCIA

Villa-Lobos, um festival cinquentão

0
0
0
s2sdefault

Matéria publicada em O Globo (Zona Sul), em 03/11/2012, sobre Festival Villa-Lobos que conta com a participação da Escola de Música.

 

oglobo-2012-11-08

 

Villa-Lobos, um festival cinquentão

Evento traz atrações gratuitas ou a preços populares, para celebrar a música brasileira

 

ÉRICA MAGNI

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

O Festival Villa-Lobos, completamente dedicado à música brasileira, está comemorando 50 anos com 17 dias de intensa programação a partir de amanhã. São mais de 60 atrações diárias para agradar a todos os gostos. As atividades acontecerão em diversos espaços, entre eles Museu Villa Lobos, Theatro Municipal, Espaço Tom Jobim, Escola de Música da Rocinha, Escola de Música da UFRJ e Centro Cultural Carioca, A melhor notícia é que a maioria dos shows terá entrada franca ou preços populares.

 

? Para nós, músicos, é um privilégio ter este festival acontecendo na cidade. Melhor ainda é poder fazer parte desta história. Nós, do Quinteto Villa-Lobos, que também estamos completando 50 anos, lançaremos o DVD de aniversário no sábado, no Theatro Municipal, num lindo espetáculo que contará com Edu Lobo ? diz Aloysio Fagerlande, que faz parte do quinteto, grupo tradicionalíssimo formado por instrumentistas que exercem atividades de solistas em todo o Brasil e no exterior.

 

Antônio Augusto, um dos pioneiros do Quinteto e hoje no grupo Art Metal Quinteto, acrescenta:

 

?  O nome Quinteto Villa Lobos foi sugerido por dona Mindinha (mulher do maestro), que, na década de 60, promovia oficinas com maestros ilustres para jovens músicos. Nós, iniciantes, tomávamos aulas preciosas. Agora, durante o festival, haverá oficinas para estudantes (inscrições até amanhã, por meio do site festivalvillalobos.com.br), visando a fortalecer ainda mais os estudos da música instrumental.

 

Amanhã, Hugo Pilger e Lucia Barrenechea abrirão o festival no Museu Villa-Lobos, com a série “Movimento de câmara”. E domingo Rebeca Queiroz apresentará “Histórias de Chiquinha Gonzaga, uma mulher à frente do seu tempo” no Jardim Botànico, às 10h.

 

+ INFO Festival Villa-Lobos - 50 anos: Abertura com Hugo Pilger e Lucia Barronechca, sexta-feira, às 20h, no Museu Villa-Lobos (Rua Sorocaba 200, Botafogo). Grátis

 

Foto

Legenda. Festa. Os músicos Philip Doyle (à esquerda), Paulo Sérgio Santos, João Luiz Areias, Aloysio Fagerlande e Antonio Augusto.

Créditos. Laura Marques

Correspondência

Escola de Música da UFRJ
Edifício Ventura Corporate Towers
Av. República do Chile, 330
21o andar, Torre Leste
Centro - Rio de Janeiro, RJ
CEP: 20.031-170

+55 21 2532-4649
gabinete@musica.ufrj.br

Redes sociais