170 ANOS FORMANDO MÚSICOS DE EXCELÊNCIA

EM celebra 170 anos com extensa programação

0
0
0
s2sdefault

A Escola de Música (EM) comemora de 13 a 17 de agosto 170 anos de atividade ininterrupta. Para tanto, a mais antiga instituição do gênero no País programou uma série de concertos e recitais, que promete agradar ao espectador mais exigente. Os espetáculos contarão com homenagens a ex-professores. 

  Reprodução
  Ensaios da montagem
  Construindo o futuro. Coral Infantil, sob regência de sua maestrina Maria José Chevitarese, é o destaque do espetáculo da quinta-feira.
   
  Baixe aqui o programa dos concertos.

Paralelamente acontece a nona edição do Congresso Internacional de Musicologia, o lançamento de um número especial de Revista Brasileira de Música e do novo website da EM. 

História 

Em 1841 a Sociedade de Beneficência Musical, fundada por Francisco Manoel da Silva (1795-1865), apresentou à Câmara dos Deputados documento ressaltando a necessidade de criação de um Conservatório no Rio de Janeiro, que tivesse como objetivo formar músicos para atuar nos coros e orquestras. Estava dado o primeiro passo para a criação do Conservatório de Música, a mais antiga instituição do ensino musical no Brasil. Instituído pelo Decreto Imperial nº. 238 de 27 de novembro de 1841 e regulamentado em 21 de janeiro de 1847, o Conservatório só iniciou suas atividades efetivamente em 13 de agosto de 1848. Ao longo do tempo a instituição recebeu várias denominações - entre elas Instituto Nacional de Música e Escola Nacional de Música. A atual denominação data dos anos 1960. 

Abertura e Programação

A abertura oficial da Semana de comemorações está marcada para a Sala da Congregação, às 10h do dia 13, e contará com a presença do reitor da UFRJ, Roberto Leher, e a decana do do Centro de Letras e Artes, Flora de Paoli Faria. Na cerimônia, a diretora da Escola, Maria José Chevitarese, homenageará os servidores mais antigos da Escola: os professores Inácio de Nonno e Lúcia Elizabeth Benjamim Salse Dittert; e o técnico Ailton Francisco da Silva. 

Será também homenageado o músico Sandrino Santoro, responsável pela formação de gerações de contrabaixistas.

Ao meio-da acontece, com a presença de articulistas e no Foyer do Salão Leopoldo Miguez, o lançamento do Volume 31-1 da Revista Brasileira de Música, mais antiga publicação do gênero no País. A edição comemorativa leva o título "UFRJ 170 Anos (1848-2018)". 

Os concertos, cuja programação detalhada pode ser consultada a seguir ou baixada aqui, acontecem no Salão Leopoldo Miguez da Escola de Música, sempre às 19h.

SERVIÇO
Escola de Música da UFRJ – Rua do Passeio, 98 – Lapa – Rio de Janeiro – RJ – Brasil 20021-290.

 

Data

Evento

Dia 13, segunda-feira, às 10h
Sala da Congregação

Cerimônia de Abertura da Semana
Abertura do Congresso Internacional de Musicologia

Dia 13, segunda-feira, às 12h
Foyer do Salão Leopoldo Miguez

Lançamento do número comemorativo da Revista Brasileira de Música
Lançamento do novo site da Escola de Música

Dia 13, segunda-feira, 19h
Salão Leopoldo Miguez

 

Concerto de Abertura  

BRAGA, Francisco (1868-1945)

Prelúdio para órgão e orquestra (1924)

BOULANGER, Lili (1893-1918) 
Psaume XXIV “La terre appartient à l’Éternel” (1916)
Tenor: Guilherme Moreira

SAINT-SAËNS, Camille (1835-1921) 
Sinfonia no 3 “Órgão” op.78 (1886)
I- Adágio-Allegro moderato / Poco adagio
II- Allegro moderato-Presto-Allegro moderato / Maestoso-Allegro-Pui Allegro-Pesante 

Corais Brasil Ensemble-UFRJ e Sacra Vox
Regência: Maria José Chevitarese e Valéria Matos
Eduardo Biato (órgão)
Orquestra Sinfônica da UFRJ
Regência: André Cardoso e Marcelo Jardim

Dia 14, terça-feira, 19h
Salão Leopoldo Miguez

Concerto em homenagem a Sandrino Santoro e Noel Devos  

PARPINELLI, Santino (1912-1991)
Canção do Agreste e Dança* 

GIFFONI, Adriano (1959 - ) 
Sandrino no Choro* 

Sandrino Santoro, contrabaixo
Denner Campolina, violão
*músicas dedicadas à Sandrino Santoro 

MAHLE, Ernst (1929 - ) 
Dueto Modal 

CORRETTE, Michel (1707-1795) 
Sonata opus 24
Adagio
Allegro
Sarabande
Tempo di Minuetto
 

Sandrino Santoro, contrabaixo
Valéria Guimarães, contrabaixo 

BOISMORTIER, Joseph Bodin (1689 – 1755)
Sonata opus 14, n° 5
Gracieusement
Allemande Gayement

Sandrino Santoro, contrabaixo
Antonio Arzolla, contrabaixo  

BACH, Johann Sebastian (1685 – 1750)
Suite n° 6 para violoncelo
Sarabanda
Gavota 

Sandrino Santoro, contrabaixo
Paulo Santoro, violoncelo
Ricardo Santoro, violoncelo 

MIGNONE, Francisco 
Valsa quase modinheira (1981)

Elione Medeiros, fagote 

TAVARES, Mario
Quinteto para sopros (1978)
Allegro
Acalanto
Tempo de Côco 

KRIEGER, Edino 
Serenata a Cinco  (1968) 

GNATTALI , Radamés 
Suite para Quinteto de Sopros (1972)
Preludio
Valsa
Modinha
Choro
Final 

Quinteto Villa-Lobos
Rubem Schuenck, flauta
Luis Carlos Justi, oboé
Paulo Sergio Santos, clarineta
Philip Doyle, trompa
Aloysio Fagerlande, fagote

Dia 15, quarta-feira, 19h
Salão Leopoldo Miguez

Orquestra de Sopros da UFRJ

Marcelo Jardim, regência
Dimitri Cervo, piano 

MACEDO, Roberto (1959)
Omnibus Intrata, fanfarra para conjunto de metais
* estreia mundial 

TAVARES, Mário (1928-2003)
Dobrado "Presidente" (Edição e revisão Marcelo Jardim) 

RESCALA, Tim (1961)
Suíte "Meu Pedacinho de Chão", trilha sonora da novela
(Transcrição: Darrell Brownn, revisão: Marcelo Jardim)
Abertura; Cerelepe e Pituquinha; Crônica da Cidade; A Chegada; A Banda de Cerelepe; Felicidade na Cidade
* estreia carioca da versão 

CERVO, Dimitri (1968)
Abertura Brasil 2012, para banda sinfônica
Abertura Rio 450, para banda sinfônica
Rapsódia Maracatu, para piano e banda sinfônica

Dimitri Cervo, piano
* estreia mundial da versão 

SILVA, José Ursicino da (Mestre Duda, 1935)
Suíte Marajoara (Ed. Marcelo Jardim)
I – Carimbó da Ilha de Marajó
II – Dobrado
III – Festa do Círio de Nazaré
IV – Frevo do Amor
* estreia mundial 

BRAGA, Francisco (1868-1945)
Dobrado "Barão do Rio Branco"
(edição e revisão Marcelo Jardim) 

Dia 16, quinta-feira, 19h
Salão Leopoldo Miguez

Coral Infantil da UFRJ

Regência: Maria José Chevitarese
Piano: Claudia Feitosa
Assistente: Pamella Malaquias 

Geiza Felipe, Flauta
Rafaela Lopes, Harpa
Michele Menezes, Soprano

KRIEGER, Edino (1928-  )
Rondas Infantis                                                                                

DWYER, Ruth E. e ELLIS, Martin (1952 -  )  
Kyrie    

Folclore Mexicano
Las Mañanitas
Arr: Elza Lakschevitz                                                                              

MOZART, Amadeus (1756 – 1791) 
Finale (da Flauta Mágica) 
Soprano,; Michele Menezes
Carolina Morel, Roberta Costa e Nicole Costa 

SCHICCHI, Gianni 
O Mio Babbino Caro
Soprano, Michele Menezes 

RUTTER, Jonh (1945 - ) 
The Lord Bless you anda keep you 
Flauta, Geiza Felipe 

BOZZA, Eugène (1905 – 1991)
Image
Flauta: Geiza Felipe               

Poema: MAZZETI, Maria (1926 – 1970)
Quem mora?
Música: MENDONÇA, Denise
Arr: LAKSCHEVITZ, Elza (1933-2017)               

OVALLE, Jayme (1894- 1955) 
Azulão
Soprano: Michele Menezes 

Poema: SABINO, Fernando e FRANÇA, Mary
O Barco
Música: LEITE, Marcos (1953 – 2002)                                                                                               

MARIANO, César Camargo (1943 -  ) 
Maria Rita 
Arr: Elenice Maranesi.
Harpa: Rafaela Lopes 

MASCHERONI, Vittorio (1895 – 1972) e MENDES, Peppino (1892-1978)
Fiorin Fiorello   
Arr: PEREIRA, Lydia de Godau (1946 - ) 
Harpa: Rafaela Lopes    
Tenor: Paulo Leandro Ribeiro

Dia 17, sexta-feria, 19h
Salão Leopoldo Miguez

Concerto de encerramento 

GUERRA-PEIXE, César (1914-1993)

Sonatina nº 2
Allegro Moderato
Andante 
Allegro Moderato [come valsa]

WAGNER, Richard (1813 - 1883) e LISZT, Franz  (1811-1886) 
Isoldens Liebestod aus Tristan und Isolde 

Midori Maeshiro, piano 

MIGNONE, Francisco (1897-1986)
Valsa de Esquina n°3
Seguida*
Temperando
Outra lenda sertaneja
Beliscando forte
Valsa que não é de esquina 
Batuque Batucado
 

 Maria Helena de Andrade, piano
*Peça escrita especialmente para a tese de Mestrado da pianista, defendida na Escola de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro. 

VILLA-LOBOS, Heitor (1887 - 1959)
Choros nº 5 (Alma Brasileira) 

TACUCHIAN, Ricardo (1939 - )  
Ernesto Nazareth no Cinema Odeon

CHOPIN, Frédéric  (1810-1849) 
Polonaise em lá bemol maior op. 53 

Miriam Grosman, piano

Correspondência

Escola de Música da UFRJ
Edifício Ventura Corporate Towers
Av. República do Chile, 330
21o andar, Torre Leste
Centro - Rio de Janeiro, RJ
CEP: 20.031-170

+55 21 2532-4649
gabinete@musica.ufrj.br

Redes sociais